Situação alarmante dos presos políticos saharauis

As autoridades marroquinas aumentaram a pressão e maus tratos sobre os presos políticos saharauis.

Mohamed Bani, Sidahmed Lemjeyid e Mbarek Lefkir estiverem em greve de protesto esta terça e quarta-feira, continuam sem os seus pertences que lhes foram confiscados a 16 de Setembro quando os presos de Gdeim Izik foram dispersos por 7 prisões em Marrocos. Este grupo que esta detido em Ait Melloul passa a maior parte do dia dentro de celas individuais e os guardas têm tentado através de ameaças que assinem folhas em branco ao qual os activistas saharauis se têm recusado. A sua situação de saúde também está cada vez mais grave.

Hassan Dah e Brahim Ismaili também do grupo de Gdeim Izik detido na prisão Tiflet2 estão em greve de fome devido aos maus tratos a que têm sido sujeitos, em resposta a este protesto a administração da prisão enviou Brahim Ismaili para uma ala destinada a presos com doenças de foro psiquiátrico, numa cela sem o minimo de condições de higiene e infestada por insectos.

Também na prisão de Kenitra as condições têm vindo a piorar e os maus tratos contra os presos políticos saharauis do grupo de Gdeim Izik têm aumentado.

Mohamed Tahlil que está detido em Bouzakarn teve que ser transferido de urgência para o hospital.

O preso politico Mbarek Daoudi detido em Ait Melloul foi também transferido para o hospital devido a problemas pulmonares gravissimos.

Localização dos prisioneiros Gdeim Izik:

Prisão de Tifelt 1 
El Bachir Khada, Hassan Dah, Brahim Ismaili y Mohamed Lamin Haddi

Tifelt 2
Khouna Babeit y Toubali Abdelahi

Prisão de Bouzakarn
Mohamed Tahlil

Prisão Ait Melloul
Mohamed Embarek Lefkir. Mohamed Bani y Sidahmed Lemjeyid

Prisão El Arjat
Naama Asfari

Prisão de Okacha, Casablanca
Abdel Jalil Laaroussi

Prisão de Kenitra
El Bachir Bountanguiza, Sidi Abdallahi Abbahah, Houcein Zawi, Abdallahi Lakfawni, Ahmed Sbaai, Mohamed Bourial y Cheik Banga

2 comentários em “Situação alarmante dos presos políticos saharauis

Comentários fechados.

Uso de cookies

porunsaharalibre.org utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies