Familia Saharaui atacada por autoridades marroquinas

Este domingo 4 de Março a polícia e agentes dos serviços de inteligência marroquinos atacaram uma familia saharaui, em Dakhla, territórios ocupados do Sahara Ocidental.

A familia Ehel Gachbar encontrava-se em protesto em frente à sua casa que tinha sido ocupada ilegalmente por um colono marroquino quando as autoridades de ocupação atacaram.

Apesar das inúmeras queixas e denúncias apresentadas pela familia Ehel Gachbar, as autoridades ignoraram o caso, deixando o colono, que é funcionário do estado marroquino, na casa.

A escalada de violência contra a população saharaui tem vindo a assumir contornos muito preocupantes com a cumplicidade entre as autoridades e colonos cujo comportamento é cada vez mais agressivo.

Dakhla é apresentada como uma cidade turística pelo estado marroquino. A verdade no entanto, é que se trata de uma cidade sob ocupação e cuja população autóctona é mantida sob um regime de terror.

 

 

Comentários fechados.

Uso de cookies

porunsaharalibre.org utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies