Casa de familias de presos políticos saharauis cercadas

No dia 24 da greve de fome de Abdallahi Abbahah, El Bachir Boutanguiza, Abdallahi Lakfawni e Mohamed Bourial as familias colocaram faixas exigindo o respeito pelos direitos destes presos políticos e a sua transferência para perto das suas familias.

Cada casa das 4 familias foi hoje palco de manifestação com a colocação das faixas e assentadas pacificas, el El Aaiun, capital do Sahara Ocidental ocupado.

As autoridades de ocupação mantêm as casa sob vigilância apertada e cerco.

A saúde dos presos continua a deteriorar-se e a administração penitenciária não iniciou qualquer dialogo.

Os presos continuam ser terem qualquer visita por parte de enfermeiros ou médicos, segundo informação dada pelos famliares que os visitaram hoje.

 

 

Uso de cookies

porunsaharalibre.org utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies