Claude Mangin suspende greve de fome

PUSL.- Claude Mangin, cidadã francesa e esposa do preso politico saharaui Naama Asfari suspendeu ontem a greve de fome que iniciou a 18 de Abril.

A professora de 62 anos que viu-se obrigada a entrar em greve de fome para ver as autoridades francesas accionarem os canais diplomáticos de forma a lhe ser permitida a entrada em Marrocos para ver o marido.

Uma decisão dificil e uma acção a qual Mangin recorreu após 4 expulsões nos ultimos dois anos, periodo durante o qual não lhe foi permitido ver o esposo.

Ontem, Claude Mangin suspendeu a greve de fome, o governo francês está em negociações ao mais alto nivel com Marrocos e o deputado Jean Paul Lecoq pediu na terça feira passada no parlamento nacional francês que Claude suspendesse a greve.

Um dos objectivos da grevista foi sem dúvida alcançado, o governo francês, os deputados do Parlamento Europeu e centenas de organizações e personalidades apelaram ao governo marroquino que autorize a visita de Claude ao marido.

Leer más …Claude Mangin suspende greve de fome

Governo francês intervém por Claude Mangin, esposa de preso político saharaui

PUSL.- Após quase um mês da greve de fome de Claude Mangin, esposa do ativista saharaui Naama Asfari, o governo e o presidente francês pedem a Marrocos que reconsidere a interdição de entrada desta cidadã francesa no território marroquino.

França pede agora a Marrocos que deixe a cidadã francesa visitar o seu marido, um ativista de direitos humanos que defende a independência do Sahara Ocidental, e segundo declarações oficiais de Jean-Yves Le Drian, chefe da diplomacia francesa no passado 15 de Maio, segue “muito de perto” a greve de fome de Claude Mangin, uma professora de 62 anos.

Na terça-feira Jean-Yves Le Drian disse na Assembleia Nacional francesa em resposta às perguntas do deputado Jean-Paul Lecoq do PCF que ” as autoridades marroquinas foram contactadas várias vezes sobre o caso da Sra. Mangin para conseguir que ela viaje a Marrocos para poder visitar o seu marido.

“Falei várias vezes, não só oficialmente, mas também pessoalmente com o meu colega marroquino”, disse o ministro das Relações Exteriores francês.

Leer más …Governo francês intervém por Claude Mangin, esposa de preso político saharaui

Presidente da República de Angola recebe ministro saharauí

jornaldeangola.sapo.ao.- O ministro dos Negócios Estrangeiros da República Árabe Saharaui Democrática (RASD), Mohamed Salem Ould Salek, está desde ontem em Luanda, para contactos com as autoridades angolanas.

Mohamed Salem Ould Salek é recebido hoje, em audiência, pelo Presidente da República, João Lourenço.

À sua chegada ontem a Luanda, o chefe da diplomacia da RASD foi recebido, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, pelo secretário de Estado das Relações Exteriores, Téte António.

A República Árabe Saharaui Democrática reivindica soberania sobre o território do Sahara Ocidental, ex-colónia espanhola que Marrocos reclama como parte do seu reino. É limitado a Norte por Marrocos, a Leste pela Argélia, a Leste e Sul pela Mauritânia e a Oeste pelo Oceano Atlântico.

Leer más …Presidente da República de Angola recebe ministro saharauí

Direitos Humanos Marrocos – Sahara Ocidental: deputados europeus expressam grande preocupação

PUSL.- Na passada terça-feira no Parlamento Europeu, em Bruxelas durante uma sessão do DROI (Subcomissão para os direitos humanos do Parlamento Europeu) dedicada à situação dos direitos humanos em Marrocos e no Sahara Ocidental vários Eurodeputados manifestaram as suas graves preocupações com as numerosas violações observadas no terreno e denunciadas a nível internacional.

Durante uma troca de pontos de vista com o Presidente do Conselho Nacional Marroquina de Direitos Humanos (CNDH), Driss El Yazami, a deputada galega do BNG, Ana Miranda disse que está “muito preocupada” com as ” graves violações “dos direitos dos presos políticos saharauis, incluindo os do grupo Gdeim Izik e do desaparecimento forçado de saharauis, dos quais foram recentemente noticiados novos casos.

Recordando “os graves atentados” aos direitos fundamentais dos presos saharauis ” vitimas de detenção em isolamento, maus tratos e torturas, a deputada perguntou se Marrocos iria decidir um dia seguir a convenção Contra a tortura e outros tratamentos ou penas cruéis, desumanos ou degradantes que ratificou mas que até ao momento não aplica na prática.

Ela denunciou, como tal, o “julgamento injusto” dos prisioneiros do grupo de Gdeim Izik e sua condenação a sentenças “pesadas”, lamentando o desrespeito dos seus direitos fundamentais.

Leer más …Direitos Humanos Marrocos – Sahara Ocidental: deputados europeus expressam grande preocupação

Comunidade saharaui em França comemora o 45 aniversário da Polisario

No domingo a associação da comunidade saharaui em França comemorou o 45 aniversario da Frente Polisario sob o lema “Parar a repressão no Sahara Ocidental, libertação de todos os presos políticos saharauis e autodeterminação para o povo saharaui“.

O evento que juntou centenas de saharauis contou com a presença de Brahim Mustafa Sayd, ministro para os territórios ocupados do Sahara Ocidental.

A tarde foi preenchida com música, declamação de poesia, e discursos do ministro e dos representantes da associação da comunidade saharaui em França.

Foi claro o compromiso assumido por todos os presentes com a causa saharaui e o apoio incondicional à Frente Polisario.

Regine Villemont presidente da AARASD (associação de amigos da RASD) enfatizou a necessidade de apoiar os activistas dos territórios ocupados e a cooperação entre associações.

Leer más …Comunidade saharaui em França comemora o 45 aniversário da Polisario

Marrocos esconde Abdallahi Abbahah preso politico saharaui

Sidi Abdallahi AbahahDesde 7 de maio que o preso politico saharaui Sidi Abdallahi Abbahah está em local desconhecido após ter sido levado pelas autoridades marroquinas descalço e sem quaisquer pertences da prisão de Kenitra.

Pensava-se que tinha sido transferido para a prisão de Tiflet2 como Mohamed Bourial, outro preso politico saharaui do grupo de Gdeim Izik.

A familia e a advogada francesa Olfa Ouled não conseguiram até ao momento obter qualquer informação das autoridades marroquinas.

Sidi Abdallahi Abbahah foi condenado a prisão perpetua num julgamento sem um minimo de garantias ou respeito pelos procedimentos jurídicos.

Abdallahi Abbahah denunciou as torturas a que foi submetido durante semanas após a sua detenção arbitrária em Novembro de 2010 em El Aaiún após o brutal desmantelamento do acampamento de protesto pacífico Gdeim Izik.

Leer más …Marrocos esconde Abdallahi Abbahah preso politico saharaui

Assembleia da República aprova voto sobre o Sahara Ocidental

A Asssembleia da República de Portugal aprovou no passado dia 11 de Maio um voto de solidariedade com o povo saharaui pelo respeito e concretização do seu direito à autodeterminação apresentado pelo Grupo Parlamentar do Partido Comunista Português.

O voto aprovado afirma que uma solução justa e douradoura do conflito passa necessariamente pelo fim da ilegal ocupação dos territórios do Sahara Ocidental por parte do Reino de Marrocos e da sua política de desrespeito pelos direitos humanos.

Leer más …Assembleia da República aprova voto sobre o Sahara Ocidental

Vigília no 24º dia da greve de fome de Claude Mangin, esposa de preso político saharaui

PUSL.- Apoiantes de Claude Mangin-Asfari, esposa de Naama Asfari preso político saharaui, que mantém uma greve de fome, desde 18 de Abril, realizaram ontem uma vigília com velas em frente da Câmara Municipal de Ivry sur Seine, que acolhe a grevista em protesto contra a proibição do governo marroquino de a deixar entrar no país e visitar o seu marido, em detenção desde 2010.

O 24º dia da greve de fome coincidiu com o aniversário da Sra. Mangin que recebeu já centenas de cartas de apoio de todos os continentes e cujo caso tem sido seguido na imprensa francesa.

Dezenas de associações e organizações, deputados europeus, deputados franceses e representantes de governos como o caso da África do Sul, têm enviado apelos ao presidente Macron para que contacte o governo de Marrocos para interceder a favor de Claude Mangin cujos direitos mais elementares têm sido negados,

“Até 2016 eu pude ver o meu marido com alguma regularidade, mas desde então foi-me recusada a entrada em Marrocos quatro vezes”, contou Claude Mangin.

Leer más …Vigília no 24º dia da greve de fome de Claude Mangin, esposa de preso político saharaui

Marrocos detém e expulsa de El Aiún dois cooperantes de uma ONG sueca

dn.pt.- As autoridades marroquinas detiveram nas últimas horas em El Aiún dois membros da Organização Não-governamental sueca Emmaus Stockholm e encaminharam-nos ao aeroporto de Casablanca para serem expulsos, disseram hoje jornalistas saarauís (Equipe Media) citados pela agência espanhola Efe.

Segundo as mesmas fontes, Juan Obregón, coordenador de programas daquela ONG, e a sua colega Caroline Nord foram abordados pela polícia marroquina quando se preparavam para uma reunião com uma associação de defesa dos direitos humanos saarauí nesta zona anexada por Marrocos desde 1975.

“Os cooperantes iam numa visita de trabalho com a Associação Saarauí de Vítimas de Violações dos Direitos Humanos. Foram interrogados e depois foram expulsos do Saara Ocidental ocupado”, afirmou um dos jornalistas.

A mesma fonte referiu que o cooperante disse que estavam a ser vigiados por agentes da polícia no aeroporto e que os seus passaportes haviam sido confiscados, estando agora à espera para serem deportados para Estocolmo.

Leer más …Marrocos detém e expulsa de El Aiún dois cooperantes de uma ONG sueca

Membros do EFF (África do Sul) manifestam em frente da Embaixada do Reino de Marrocos contra a ocupação ilegal do Sahara Ocidental

jacarandafm.com.- EFF promete remover Marrocos da UA. A Economic Freedom Fighters (EFF) afirma que a Embaixada de Marrocos não deve estar na África do Sul.

Membros da EFF manifestaram-se em frente à Embaixada do Reino do Marrocos em Pretória na quinta-feira, contra o que o partido chama de ocupação ilegal do Sahara Ocidental.

O secretário-geral do partido, Godrich Gardee, dirigindo-se aos manifestantes disse:

“Eles estão a oprimir o nosso povo. Eles são a nova Europa que está a colonizar o povo africano. A sua embaixada não tem lugar na alma do povo da África do Sul. O governo do EFF vai fechar esta embaixada em 2019 quando substituirmos o ANC ”.

A Frente Polisário do Sahara Ocidental luta pela independência desde 1975.

O líder do partido, Julius Malema, foi nesta semana empossado como membro do Parlamento Pan-Africano, que é o órgão legislativo da União Africana (UA).

Gardee disse aos apoiantes que Marrocos não tem lugar na UA.

Leer más …Membros do EFF (África do Sul) manifestam em frente da Embaixada do Reino de Marrocos contra a ocupação ilegal do Sahara Ocidental

SOGAPS – Galiza pede a Macron que intervenha para que Claude Mangin possa visitar seu marido Naama Asfari

Numa carta dirigida ao Presidente da República Francesa, o Sr. Emmanuel Macron, Solidariedade de Galega Co Pobo Saharaui (SOGAPS-Galiza) apela à sua intervenção a favor de Claude Mangin para que as autoridades marroquinas lhe permitam entrar em Marrocos e visitar o seu marido, o preso político saharaui do Grupo Gdeim Izik, Naama Asfari.

Claude decidiu entrar em greve de fome em 18 de abril para que seja respeitado o seu direito de visitar seu marido Naama, atualmente detido na prisão de Kenitra, em Marrocos.

Leer más …SOGAPS – Galiza pede a Macron que intervenha para que Claude Mangin possa visitar seu marido Naama Asfari

Uso de cookies

porunsaharalibre.org utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies