Declarações de Marrocos, Argélia e Polisário sobre resolução das NU sobre o Sahara Ocidental

No final da reunião do Conselho de Segurança no passado dia 28 de Abril, Marrocos  e Argélia foram entrevistados pelos jornalistas no local para realização de conferências de imprensa nas Nações Unidas, ao contrário da Frente POLISARIO, algo incompreensível uma vez que é uma das partes do conflito e parte das negociações (apesar de não ser membro da ONU), devendo ter o direito de emitir a sua opinião da mesma forma e no mesmo local que a parte contrária. O embaixador de Marrocos falou de forma entusiástica e demoradamente, conseguindo no seu discurso insultar países, a União Africana e organizações

Leer más …

Resolução sobre Sahara Ocidental aprovada por unanimidade do CS após reequilíbrio do texto

A reunião do Conselho de Segurança (CS) da ONU que foi adiada de dia 27 para dia 28 e devia ter lugar às 17h00 (hora de Nova Iorque) começou com mais de uma hora de atraso após a confirmação oficial da MINURSO (Missão das Nações Unidas para o Referendo no Sahara Ocidental) da retirada da Frente Polisario da zona tampão de Guergarat onde o movimento de libertação se teve que instalar após uma incursão do Reino de Marrocos que violou o acordo de cessar-fogo em Agosto passado.

MINURSO seguirá em Guergarat

O comunicado de Imprensa divulgado pelo porta-voz do Secretário Geral (SG) dia 28 de Abril à tarde,  saúda a decisão da retirada da POLISARIO da zona de Guergarat e informa que “a MINURSO tenciona manter a sua posição na Faixa de Segurança desde Agosto de 2016 e continuar a debater a futura vigilância da zona e toda a gama de questões relacionadas com a Faixa de Segurança com as partes.”

Marrocos tentou com esta manobra não só ocupar mais uma parte do território como desviar a atenção das Nações Unidas para a área de Guergarat, atrasar assim mais uma vez a negociação e focar a atenção dos média nesta situação em vez das graves violações dos direitos humanos nos territórios ocupados , o muro de separação e o recente acórdão do Tribunal de Justiça Europeu que determina como ilegal a comercialização de qualquer produto originário do Sahara Ocidental por parte de Marrocos, que afirma não ter soberania sobre esse território.

Leer más …

Reunião do CS sobre Sahara Ocidental eliminada da Agenda

A reunião do Conselho de Segurança da ONU sobre o Sahara Ocidental que estava agendada para hoje dia 27 de Abril, foi eliminada da Agenda publicada na página web das Nações Unidas.

No próximo dia 30 de Abril terminará o mandato da MINURSO (missão da ONU para o Sahara Ocidental).

O relatório que irá ser apresentado por António Guterres (SG da ONU), sobre o Sahara ao CS, recebeu duras criticas por parte do movimento solidário saharaui, e as recentes declarações do Embaixador de França, Delattre, que não acredita que a MINURSO deve ter incluído no seu mandato os direitos humanos, não auguram nada de bom.

Segundo declarações da Rússia, que vêm com preocupação o favoritismo dado a Marrocos, podemos deduzir que o CS não chegou ainda a unanimidade sobre este tema.

A Suécia declarou o seu apoio à MINURSO e à questão dos direitos humanos, mas não é membro permanente do CS.

A decisão sobre o futuro do Sahara Ocidental está mais uma vez nas mão dos 5 membros permanentes e com opção de veto no CS (França, China, Rússia, Reino Unido e EUA).

Leer más …

“Há muitas formas de fazer direitos humanos… ” – François Delattre, CS das NU

Teve lugar reunião à porta fechada do Conselho de Segurança, ontem 25 de Abril às 15h00 hora de Nova Iorque, sobre a Missão das Nações Unidas para o Sahara Ocidental (MINURSO).

François Delattre, embaixador de França junto da ONU, disse à Innercity Press que “há muitas formas de fazer direitos humanos …. os direitos humanos estão no nosso ADN” em reposta à pergunta porquê o Conselho de Segurança (CS) não incluía os direitos humanos no mandato da MINURSO.

O conselho apreciou hoje o relatório do Secretário Geral , do qual já publicamos a nossa analise no passado dia ……

A decisão sobre o futuro do mandato da MINURSO será tomada na próxima reunião do CS, quinta-feira dia 27 de Abril.

Os membros não permanentes do CS neste mandato são Bolívia, Egipto, Etiópia, Itália, Japão, Cazaquistão, Senegal. Suécia e Ucrânia, sendo os 5 membros permanentes e com direito de veto China, França, Federação Russa, Reino Unido e Estados Unidos da América.

Leer más …

Sahara Ocidental: O Conselho de Segurança reunirá a 22 de Fevereiro

Em Ennahar online

O Conselho de Segurança realizará uma reunião a 22 de Fevereiro sobre a situação no Sahara Ocidental, incluindo o processo de paz que está parado desde 2012.

Esta reunião, foi agendada a pedido do Uruguai, membro não-permanente do Conselho de Segurança.

O órgão da ONU pediu ao Departamento de Operações de Paz para fazer um balanço da situação no Sahara Ocidental para a reunião que se realiza num contexto de bloqueio de por parte de Marrocos de qualquer iniciativa para uma solução pacífica da conflito.

O representante na ONU da Frente Polisario, Ahmed Bukhari, apelou ao Secretário-Geral das Nações Unidas, Antonio Guteress para “se envolver o mais cedo possível na resolução deste conflito para garantir o respeito pelas resoluções das Nações Unidas e a missão para “o referendo no Sahara Ocidental (MINURSO)”.

Bukhari advertiu contra “a estratégia ( estás a favor ou contra mim) empreendida por Marrocos para intimidar o secretário-geral da ONU.” Na Terça-feira, o representante da Frente Polisario disse a associação de correspondentes da ONU que “o processo de paz tem sido prejudicada, e a MINURSO foi uma das vítimas” deste bloqueio.
Ele acrescentou que o enviado especial do Secretário-Geral da ONU tem visto impedida a sua liberdade de movimento, por Marrocos para retomar a mediação entre os dois lados do conflito.

Leer más …

Conselho de Segurança reúne sobre Sahara Ocidental

Segundo informacão da Innercitypress o CS da ONU reuniu ontem dia 13 de dezembro para discutir o Sahara Ocidental.

Os dois temas foram o impasse e tensão crescente em El Guergarat com os dois exercitos (Marrocos e Frente Polisario a duas dezenas de metros de distancia e o facto que Marrocos recusa emissão de vistos aos funcionários da MINURSO.

Ladsous , chefe das missões de paz, tem ocultado o facto que Marrocos está a impedir o regresso dos funcionários da MINURSO que foram expulsos, negando-lhes a emissão de visto.

Leer más …

Washington propõe enviar uma missão do Conselho de Segurança ao Sahara Ocidental

c_securite_8

Nova Iorque (Nações Unidas), 19/10/2016 (SPS)

Os Estados Unidos propôs terça-feira ao Conselho de Segurança da ONU enviar uma missão ao Sahara Ocidental para acelerar o processo da ONU de resolução da disputa entre a Frente Polisário e Marrocos.

A proposta dos EUA foi feita durante a reunião do Conselho de Segurança, realizada na terça-feira em sessão fechada sobre o Sahara Ocidental e teve a aprovação de todos os membros deste organismo da ONU, disse o representante Ahmed Boukhari da Frente Polisario na ONU à agência argelina APS

Segundo informou Boukhari “Não houve nenhuma oposição no Conselho de Segurança à proposta dos EUA”.

O Conselho de Segurança já tinha enviado, em 1995, uma missão ao Sahara Ocidental, mas a falta de consenso entre os seus membros impediu uma segunda visita.

Leer más …

Ross apresentou relatório sobre Sahara ao Conselho de Segurança

ross18 de outubro de 2016, porunsaharalibre.org

Após a reunião do Conselho de Segurança que se realizou para ouvir a apresentação do relatório do enviado pessoal do Secretário Geral da ONU, Sr. Christopher Ross e Kim Bolduc, chefe da MINURSO (Missão para o Sahara Ocidental) não houve nenhuma conferencia de imprensa, aguardando-se algum comunicado que possa ser emitido posteriormente.

À saída da reunião e indagado pelo jornalista da Innercitypress, Matthew Russel , o representante de França disse haver uma atmosfera positiva, não fazendo mais comentários.

Já o representante do Uruguai foi menos omisso afirmando que o retorno do contingente expulso da MINURSO se esta a realizar de forma muito lenta mas gradual. Disse ainda que o processo político estava num impasse. Quanto à visita à região de Christopher Ross, disse que não estava agendada, que não tinha sido possível organizar essa visita até ao momento.

Leer más …

A POLISARIO apela ao Conselho de Segurança da ONU a tomar medidas “urgentes” para a autodeterminação do povo saharaui

sn-frente-polisario

Chahid El Hafed, 2016/10/09 (SPS)

O Secretariado Nacional da Frente Polisario pediu ao Conselho de Segurança das Nações Unidas que tome medidas concretas “urgentes e cruciais” para acabar com a arrogância e a intransigência de Marrocos e para a retomada urgente do processo de paz da ONU/OUA para organizar o referendo de autodeterminação do povo saharaui.

Numa declaração que coroou a sua terceira reunião ordinária realizada a 8 e 9 de Outubro, presidida pelo Presidente da República e SG da Frente Polisario, Brahim Ghali, o SN da Frente POLISARIO condenou veementemente as violações deliberadas e repetidas do acordo de cessar fogo por parte de Marrocos e responsabilizou o Estado marroquino pela perigosas consequências desta escalada, para a paz, a segurança e estabilidade na região.

Leer más …

Uso de cookies

porunsaharalibre.org utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies