Tribunal de recurso condena estudantes saharauis

O julgamento dos estudantes saharaui conhecidos como grupo Companheiros El Uali, que se realizou ontem em Marraquexe, não alterou as sentenças atribuidas pelo tribunal de primeira instância.

O julgamento que foi publico contou com a presença de 4 observadores internacionais, mas em clara violação das regras de um julgamento público as familias dos presos não foram autorizadas a assistir.

PUSL ha acompañado este proceso desde la detención de estos jóvenes en 2016. Para más información consultar el informe publicado y los artículos.

Leer más …Tribunal de recurso condena estudantes saharauis

Novo adiamento do julgamento aos estudantes saharauis em Marraquexe

O julgamento de recurso dos jovens estudantes saharauis presos em Marraquexe, condenados em 22 de junho do ano passado, com sentenças de 3 anos para 11 alunos e 10 anos para 4 deles, foi adiado até o próximo 13 de março.

Este novo adiamento foi feito a pedido da nova equipe de advogados, formada pelos Sahrawis Lili, Buzaid e Ejellali, a fim de preparar a defesa dos acusados.

O grupo de estudantes julgados entrou na sala de tribunal novamente gritando slogans em favor da independência do Sahara Ocidental e demonstrando em diversas ocasiões a sua solidariedade com os prisioneiros do Grupo Gdeim Izik.

Durante a sessão de hoje, Isabel Lourenço, Sébastien Boulay, Pablo Jiménez, Aritz Rodríguez, Sandra Gómez de Garmendia e Amaia Arenal estavam presentes como observadores internacionais.

Leer más …Novo adiamento do julgamento aos estudantes saharauis em Marraquexe

Julgamento de recurso do grupo de estudantes saharauis adiado


Foi adiada a sessão do julgamento processo de recurso interposto pelo grupo de 15 estudantes saharauis detidos na prisão de Marraquexe.

A sessão que teve inicio com vários horas de atraso, serviu apenas para informar que o julgamento iria ser adiado para 16 de Janeiro de 2018.

Este grupo de estudantes foi condenado a 22 de Junho do ano passado, tendo 11 estudantes penas de 3 e 4 estudantes penas de 10 anos de prisão.

PUSL tem acompanhado este processo desde a detenção destes jovens em 2016.

Para mais informações consultar o relatório publicado e os artigos.

Leer más …Julgamento de recurso do grupo de estudantes saharauis adiado

Uso de cookies

porunsaharalibre.org utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies