Dezenas de estudantes saharauis em Agadir em acção de solidariedade e protesto

This post is also available in: Español (Espanhol)

25 de abril de 2016, porunsaharalibre.org

Dezenas de estudantes saharauis em Agadir iniciaram na noite de 23 de Abril um greve de fome e vigília de 24h no campus da Universidade, em solidariedade com os estudantes saharauis presos de Agadir e Marraquexe assim como em protesto contra a morte do jovem sindicalista Brahim Saika e pela libertação de todos os presos políticos.

Os estudantes saharauis decidiram em reunião plenária várias ações pacíficas de luta e solidariedade entre as quais uma campanha de imagens de estudantes solidários com os estudantes presos e em greve de fome há mais de um mês, e apelam a todos os jovens que participem nesta campanha.

Os grevistas encontram-se detidos na prisão de Oudaya, Marraquexe, tendo entrado o primeiro grupo em greve de fome dia 23 de Março de 2016, ao qual se juntaram mais presos dias 25 e 30 de Março estando neste momento 13 em greve de fome (lista em anexo).

Os grevistas estão em estado de saúde critica passado mais de um mês sem comer com problemas de rins, hipo- e hiperglicemia, hipo- e hipertensão arterial, perdas de consciência e vomitando sangue.

Os estudantes apelam a todos os jovens e estudantes e alunos que se solidarizem e enviem imagens com mensagens de apoio e protesto para com os estudantes saharauis em greve de fome.

As imagens podem ser enviadas para: “SOLIDARIDAD CON ESTUDIANTES SAHARAUI

Lista de estudantes:

Em greve desde 23 de Março: Ahmed Abba Ali Mohammed Rgueibi, Ali Shargui Mohammed Dada Omar Beijna Ibrahim Almasih

Em greve desde dia 25 de Março: Hamza Rami Salek Baber Aziz Aluahidi Wafi Olwakari Nasser Omnkur Mustafa Burkah

Em greve desde 30 de Março: Omar laadjni

Outros estudantes presos mas que de momento não estão em greve: Murad Laawsi El Kantaoui Albar (devido à perigo de vida terminou há greve há três dias)

Foi ainda detido o estudante Aid Lamaula Alhafdy, no passado fim de semana em Bojador.