42ª Conferência Europeia de Coordenação do Apoio ao Povo Saharaui (Eucoco)

This post is also available in: Español (Espanhol)

A 42ª Conferência Europeia de Coordenação de Apoio ao Povo Saharaui (Eucoco) realizou-se em 21 e 22 de outubro em Vitry Sur Seine (França) sob o lema “Autodeterminação do povo saharaui, direito inalienável”.

Argélia, Espanha, Portugal, Suécia, África do Sul, Suécia, Mauritânia, Venezuela, bem como uma importante participação do movimento sindical europeu, expressou o seu apoio incondicional à causa do povo saharaui.

Da parte do Parlamento Europeu participou a Presidente do Intergrupo do Sahara Ocidental, da Jute Gotland da Suécia e da vice-presidente, a espanhola Paloma López, bem como dos deputados portugueses Miguel Viegas, do PCP e João Farinha do Partido da Terra.

A presença das advogadas franceses Ingrid Metton e Olfa Ouled, representando os prisioneiros políticos saharauis do Grupo Gdeim Izik e autoras de um relatório sobre o processo judicial desses prisioneiros, denunciando as graves ofensas cometidas no Tribunal de Apelação marroquino: falta de credibilidade científica e jurídica ao argumentar sobre as alegações. (Relatório de observações de defesa sobre o processo de Gdeim Izik e Anexos). Ambas reafirmaram o seu firme compromisso de continuar a representar os prisioneiros no processo de Gdeim Izik.

Durante a conferência, o advogado da Frente Polisario, Gilles Devers, anunciou o início de uma ação judicial contra a empresa Transavia, devido aos vôos entre Paris e a cidade ocupada de Dajla.