Transferência iminente de prisioneiro político saharaui do grupo de Gdeim Izik para a prisão da morte

This post is also available in: Español (Espanhol) English (Inglês)

PUSL.- De acordo com as últimas informações dadas à PUSL, Mohamed Bourial, que está a cumprir uma sentença de 30 anos, será transferido da prisão de Bouzakarn para Tiflet1.

Tiflet1 é conhecido como uma das piores prisões do Marrocos, onde muitos presos só saem de lá num caixão, muitas vezes referida como o Guantánamo de Marrocos.

Em 7 de maio, Bourial foi transferido da prisão de Kenitra para Tiflet2, onde estava em confinamento prolongado num bloco com criminosos entre eles prisioneiros com problemas psiquiátricos e foi atacado por um desses prisioneiros com uma faca.

No dia 11 de julho, ele foi transferido da prisão de Tiflet2, a quase 1300 quilômetros de El Aaiún para Bouzakarn por um período de 60 dias, mas permaneceu lá por 93 dias.

Mohamed Bourial tem dois filhos menores e pediu para ser transferido para Bouzakarn para que seus filhos pudessem visitá-lo.

A família informou agora que lhe disseram que amanhã seria transferido para uma das piores prisões de Marrocos.

Maître OULED a sua advogada disse o PUSL que Bourial disse que se ele fosse transferido para Tiflet, começaria uma greve de fome ilimitada, pois mesmo se tendo já suportado o pior, a prisão de Tiflet continua a ser o guantánamo marroquino, onde a vida dos prisioneiros está diariamente em jogo.