Conflito do Sahara Ocidental apresentado na Igreja Elim em Pretória, África do Sul

This post is also available in: Español (Espanhol) English (Inglês)

PUSL.- A Igreja Elim, em Pretória, na África do Sul, celebrou no dia 12 de maio o Dia das Mães para homenagear as mães na África e no mundo. Neste contexto, a congregação dedicou grande parte do serviço dominical à apresentação sobre a situação do conflito do Sahara Ocidental e, em particular, sobre a situação nos territórios ocupados e o sofrimento das mães saharauis que têm de criar educar os seus filhos sob ocupação marroquina.

O Pastor Immanuel Landman e a congregação rezaram pelo resultado pacífico deste conflito, pela protecção da população saharaui e por dar sabedoria aos líderes mundiais para que os saharauis possam alcançar rapidamente a sua liberdade.

A apresentação sobre o Sahara Ocidental foi feita pelo Sr. Atabongwoung Gallous, da Africa Solidarity for Saharawi, e pela activista portuguesa dos direitos humanos, Isabel Lourenço, membro da PUSL e da FUSO.

Vários depoimentos de mães e filhos/as sobre o que a maternidade e as suas mães significam transmitiram em sua essência a mesma mensagem, que a maternidade é amor incondicional e força para proteger e criar seus filhos num ambiente seguro mesmo quando as condições são adversas como as enfrentadas pelas mães saharauis nos territórios ocupados.