Associação dos Amigos da RASD – Francia: No Sahara Ocidental ocupado, repressão cruel contra civis saharauis

This post is also available in: Español (Espanhol) English (Inglês) Français (Francês)

PUSL.- Neste sábado, 20 de julho de 2019, os saharauis que vivem nas principais cidades do Sahara Ocidental ocupadas por Marrocos queriam, como muitos outros adeptos africanos, celebrar a vitória da equipa argelina na Taça das Nações Africanas.

Mas a celebração não parece possível no Sahara Ocidental ocupado, especialmente na capital El Aaiun. De fato, as forças marroquinas de repressão sempre presentes na cidade foram lançadas contra uma multidão que veio celebrar essa vitória.

Canhões de água, equipamento militar, forças policiais e militares entraram em confronto com essa multidão pacífica. Uma mulher de 23 anos, Sabah OTHMAN AMEIDA, perdeu a vida, esmagada por um veículo que atingiu a multidão a toda velocidade. Várias mulheres também foram feridas no rosto e não tiveram acesso aos cuidados, pois o hospital estava fechado.

De acordo com informações fornecidas pela equipe de mídia saharaui, várias dezenas de prisões foram feitas, cujo paradeiro é desconhecido.

A associação dos Amigos da RASD condena esta repressão que levou à morte de uma jovem e a numerosas prisões.

A associação dos Amigos da RASD salienta que tais situações de violência são a demonstração perfeita de que nada está resolvido no Sahara Ocidental ao contrário do que Marrocos quer fazer crer à comunidade internacional. Marrocos é há mais de 40 anos a potência de ocupação e é obrigado a manter permanentemente um dispositivo de segurança que lhe permite impedir qualquer expressão pública e qualquer desafio à sua ocupação.

A Associação de Amigos da RASD insta firmemente as Nações Unidas e o Conselho de Segurança a garantir que a Missão de Paz, MINURSO, tenha finalmente um mandato alargado para monitorizar o cumprimento dos direitos humanos. protegendo da repressão os civis saharauis. Só podemos esperar que a França membro do Conselho de Segurança contribua com toda a sua influência.

Régine VILLEMONT, Presidente
Associação de Amigos da RASD