A activista saharaui Toumana Deida Yazid sequestrada pela policia marroquina ontem de manhã

This post is also available in: Español (Espanhol) English (Inglês)

PUSL.- Toumana Deida Yazid conhecida activista saharaui foi sequestrada ontem, 13 de Março, às 9 da manhã em frente da sua casa em El Aaiun, capital do Sahara Ocidental ocupado, por agentes das forças de ocupação.

Ao agentes, que estavam em roupa à paisana, chegaram numa furgoneta e duas motas sequestrando a Sra. Yazid em plena luz do dia na rua diante da sua casa e depois levada para a esquadra da policia.

Até ao momento não tem advogado de defesa e será presente ao procurador do Rei nos próximos dias.

A Sra. Yazid é mãe, tendo 7 filhos menores e é prima de Abdallahi Abbahah, preso politico do grupo de Gdeim Izik.

Filha do conhecido activista Deida Uld Esid que faleceu em 2018, a Sra. Yazid é acusada de “ligações” ao grupo de Ali Saadoni, outro activista conhecido cujos crimes são exibir a bandeira nacional saharaui em público e recusar a nacionalidade marroquina.

Toumana Deida Yazid é mais um exemplo de luta e resistência não violenta a sua detenção vem na senda de uma politica cada vez mais agressiva de Marrocos para aterrorizar os saharauis com o intuito que abondem a resistência nos territórios ocupados.