Esta entrada también está disponible en: Español (Espanhol) English (Inglês)

 

PUSL.- A Delegação Saharaui para Espanha emitiu hoje, segunda-feira, 6 de abril, uma declaração na qual, seguindo as instruções da Comissão Nacional Saharaui encarregada de supervisionar o programa “Férias em Paz”, é comunicada a decisão de suspender o programa em 2020, após avaliar as circunstâncias atuais derivadas da pandemia do COVID-19.

Após consulta aos diferentes grupos que participam deste programa, a Comissão decidiu adotar essa medida, que, como esperado, é dolorosa para milhares de saharauis e famílias adotivas que acolhem os pequenos saharauis todos os verões há mais de três décadas nas suas casas.

No comunicado, a importância deste programa é destacada : “constitui um valor agregado a todas as contribuições humanitárias feitas pelo movimento de solidariedade com o povo saharaui e que lhes permitiu resistir e lutar por mais de quarenta e quatro anos pela liberdade e dignidade “.

Da mesma forma, enviam uma mensagem de solidariedade com todos os povos do mundo na sua luta contra a pandemia de Coronavírus COVID-19 e o conhecimento que o movimento de solidariedade com o povo saharaui não poupará esforços na busca de um programa alternativo variado que satisfaça as diversas necessidades educacionais, culturais, desportivas e recreativas dessas crianças para este verão e que contribuem para aliviar o sofrimento de milhares de meninas e meninos saharauis nos campos de refugiados saharauis.

DELEGAÇÃO SAHARAUI PARA ESPANHA

COMUNICADO

Madrid, 6 de abril de 2020

A Delegação Saharaui para Espanha saúda calorosamente o movimento de solidariedade com o povo saharaui em Espanha e transmite o seguinte comunicado recebido da Comissão Nacional Saharaui encarregada de supervisionar o programa Férias na Paz:

Depois de avaliar as circunstâncias atuais pelas quais o mundo está a passar, como consequência da evolução dos eventos devido à rápida e ampla disseminação da pandemia de Coronavírus COVID 19, e tendo em consideração as consultas realizadas com vários parceiros, particularmente o movimento de solidariedade com a causa saharaui.

Consciente da importância do programa Férias em Paz, que constitui um valor agregado a todas as contribuições humanitárias feitas pelo movimento de solidariedade com o povo saharaui e que lhes permitiu resistir e lutar por mais de quarenta e quatro anos pela liberdade e dignidade.

Convencidos de que “Férias em Paz” contribuiu de maneira eficaz e palpável para aliviar o sofrimento de milhares de crianças saharauis e construiu uma ponte que se tornou um modelo sem precedentes de coexistência cívica e pacífica entre os povos. à conclusão de que:

A SITUAÇÃO ATUAL EXORTA-NOS A TOMAR A DECISÃO DE SUSPENDER O PROGRAMA DE FÉRIAS EM PAZ PARA O VERÃO DE 2020, POR MUITO DOLOROSO QUE SEJA, NA NOSSA OPINIÂO , É A MELHOR OPÇÃO NESTAS CIRCUNSTÂNCIAS EM QUE VIVE O MUNDO.

Mesmo assim, podemos garantir que hoje o povo saharaui se sente forte, coeso, unido e determinado a alcançar os nobres objetivos pelos quais sacrificou tanto e, ao mesmo tempo, mostra a sua solidariedade com todos os povos da mundo na luta contra a pandemia de Coronavírus COVID-19.

A Frente Polisano está ciente do compromisso político, moral e humanitário do movimento de solidariedade em manter a continuidade deste programa e que não poupará esforços na busca de um programa alternativo variado que atenda às diversas necessidades educacionais, culturais, desportivas e recreativas dessas crianças para este verão e para ajudar a aliviar o sofrimento de milhares de meninas e meninos saharauis nos campos de refugiados saharauis.

Esperando que esta situação seja resolvida o mais rapidamente possível e que possamos retomar nossas atividades comuns para o bem do que nos une: solidariedade com o povo saharaui.