Esta entrada también está disponible en: Español (Espanhol) English (Inglês)

PUSL.- Por iniciativa da Solidariedade Galega co Pobo Saharaui (SOGAPS), mais de 300 pessoas de toda a Galiza, entre o grupo de voluntários da própria ONG e amigos, estão coordenados para fazer máscaras, batas e tocas para equipar hospitais, centros de saúde , lares de idosos e outros grupos que hoje em dia estão a lutar para acabar com essa pandemia.

Em conversa com Maite Isla (Presidente da SOGAPS), ela explica que todo esse trabalho foi realizado desde o início, coordenado com as administrações relevantes. A lista do primeiro grupo de voluntários disponível foi enviada a Cristina Pichel, Diretora Geral de Xuventude, Participação e Voluntariado da Xunta de Galicia

“Também da SOGAPS, rapidamente entramos em contato com o Departamento de Saúde para saber que tipo de tecido era o mais adequado. Depois disso, recebemos a visita de Julio Comesaña, chefe da Área Sanitária de Vigo que levou uma das batas que estavam a ser confecionadas e que, após a sua análise e algumas correções por Amparo, supervisora do Hospital Álvaro Cunqueiro, em Vigo, recebeu o sinal verde reconhecendo que era o melhor que já haviam visto “, diz Maite Isla.

A princípio, foram utilizados tecidos comprados pelos membros da SOGAPS ou doados alguns estabelecimentos que também queriam aderir à iniciativa, agora também possuem tecidos fornecidos pela Área Sanitária de Vigo, mais adequados para a fabricação desse tipo de item de proteção.

A Solidariedade Galega co Pobo Saharaui (SOGAPS) conseguiu criar uma rede de solidariedade na qual os voluntários distribuem os tecidos por toda a comunidade galega e depois recolhem o que foi feito pelo resto dos voluntários nas suas casas ou empresas, que presentemente estão encerradas. Existem também muitos municípios que desejaram participar dessa iniciativa e estão a colaborar na distribuição.

Maite Isla apela a quem quiser participar nesta tarefa extremamente importante, fornecendo material para fazer o equipamento de proteção ou dando o seu trabalho (costura, transporte, armazém, …) que ligue para o número de telefone 678 727 382.