Preso Político Saharaui sob ataque na prisão de Bouzakarn, Marrocos

This post is also available in: Español (Espanhol) English (Inglês)

PUSL.- Segundo um comunicado da CODESA (Associação Saharaui de Direitos Humanos) há relatos crediveis que o preso político e estudante saharaui “Aziz Al-Wahidi” foi exposto em 25 de junho de 2020 a um ataque que colocou em risco a sua vida por dois prisioneiros marroquinos dentro da sua cela. Aziz foi estrangulado e espancado e atacado com um objecto cortante na cabeça e nos ombros, resultando em ferimentos muito graves.

Segundo as fontes do interior da prisão estes dois presos marroquinos beneficiam de tratamento previligiado pelos guardas da prisão e que um relacionamento estreito com os mesmos, sendo muito provável que agissem sob ordens dos mesmos ao realizarem este ataque.

Essa suspeita é também substanciada pelo facto dos guardas não terem impedido o ataque o qual presenciaram e apenas interviram após um grupo de detidos, saharauis correrem para dar assistência a Aziz.

Aziz foi transportado para outro local da prisão pelos guardas encharcando o chão de sangue

Aziz é um dos membros do grupo de estudantes conhecido como grupo “El Uali” que foram injusta e ilegalmente condenados a penas, até 10 anos de prisão. Não existem quaisquer evidências ou provas que confirmem as acusações, tendo estes jovens sido condenados meramente pelas, suas opiniões politicas.