Esta entrada también está disponible en: Español (Espanhol) English (Inglês)

PUSL.- Ontem, 22 de setembro, o Tribunal de Recurso da cidade de El-Aaiun, capital do Sahara Ocidental ocupado, adiou pela terceira vez as audiências dos jovens presos políticos saharauis Mansour Othman Bouzid Al-Moussaui e Salek Bega para o dia 6 de outubro de 2020.

O adiamento foi solicitado pelo advogado de defesa. As audiências são realizadas por videoconferência devido às restrições Covid 19 esta situação cria dificuldades acrescidas ao trabalho de defesa que já é dificultado pela magistratura marroquina no que se refere aos presos políticos saharauis.

Os dois presos políticos foram detidos após as comemorações da vitória argelina na Taça Africana de Futebol de 2019 e já tiveram vários adiamentos de audiências. Foram vítimas de falsas acusações que até agora não foram provadas e condenadas a pena de um ano.