Esta entrada también está disponible en: Español (Espanhol) English (Inglês)

PUSL.- Sidahmed Lemjeyid, preso politico saharaui do grupo Gdeim Izik, continua em confinamento solitário prolongado na prisão marroquina de Ait Melloul.

Segundo informação da familia Lemjeyid não obteve nenhum tipo de tratamento médico apesar da condição de saúde extremamente preocupante.

Lemjeyid foi condenado a prisão perpétua e continua como o resto deste grupo à espera da decisão do tribunal supremo sobre o ultimo julgamento que não cumpriu com os requisitos básicos de um procedimento justo e equitativo.

Apesar de ter solicitado transferência de prisão para Bouzakarn, há mais de um ano, Lemjeyid continua em Ait Melloul.

O confinamento solitário prolongado a que estão sujeitos a maioria dos presos de Gdeim Izik é considerada uma das formas de tortura mais cruéis (ver nosso artigo: Isolamento – a tortura).