Esta entrada también está disponible en: Español (Espanhol) English (Inglês)

PUSL.- Em resposta a uma pergunta do deputado Luis Campos (Nova Canarias), Ángel Víctor Torres, presidente das Ilhas Canárias, afirmou que a decisão unilateral de Marrocos de expandir a sua fronteira marítima ocupando as águas das Canárias e Saharauis foi um fracasso total.

“Ainda não tocamos um único milímetro das nossas águas e não vão tocar”, diz Torres, lembrando ainda que o Governo das Canárias está em contacto “permanente” com o Ministro das Relações Exteriores para discutir este assunto e lembrou que quando ocorreu a decisão unilateral de Marrocos esta foi “imediatamente” contestada tanto pelo Conselho de Governo como do Parlamento.

“Estamos perante uma acção marroquina ao fracasso absoluto”, reiterou Torres.

Por sua vez, Luís Campos (NC) indicou que a Assembleia da República das Canárias deve ter esta questão em mente “constantemente”, propondo a apresentação de uma declaração institucional sobre o assunto na primeira sessão plenária de outubro.