Tortura e maus-tratos a presos políticos saharauis do grupo de estudantes

PUSL.- Aziz Aluahidi e El Kantaoui Albar, presos políticos saharauis do grupo de estudantes “El Uali” foram transferidos na prisão de Bozakarn para um bloco com presos de crime comum, na última sexta-feira, 9 de outubro.

No sábado, 10 de outubro, os dois presos políticos foram levados ao pátio da prisão, onde foram algemados com as mãos atrás das costas e pendurados sob o sol escaldante. A tortura foi realizada na presença do diretor da prisão.

Recordamos que Aziz Aluahidi e El Kantaoui Albar foram vítimas de prisão arbitrária e de um julgamento que não respeitou os princípios mais básicos de um processo justo e foram condenados a 10 anos. Aziz foi preso em fevereiro de 2016 e Albar em janeiro do mesmo ano.