Esta entrada también está disponible en: Español (Espanhol) English (Inglês)

PUSL.- Ontem à noite, os activistas saharauis Ali Saadoni e Nourdine Argoubi estavam sentados perto da Farmácia Rabab em El Aaiun, territórios ocupados, quando dois carros (Toyota Prado) se aproximaram com agentes da ocupação marroquinos à paisana que levaram os dois homens e os meteram nos carros.

Eles foram levados para a periferia de El Aaiun em direção ao norte, na estrada para Marrocos e pararam perto de um posto de gasolina. Saadoni e Nourdine foram empurrados para fora do carro e torturados e espancados. Os torturadores foram identificados por Saadoni e Nourdine como dois agentes dos serviço secretos marroquinos à paisana, Sarghini Muhsen e Bufri Ali, ambos conhecidos em El Aaiun pela sua brutalidade e métodos de tortura.

Depois de algumas horas de tortura e ameaças de morte, Saddoni e Nourdine foram empurrados novamente para dentro do carro e literalmente atirados para a estrada.