Esta entrada también está disponible en: Español (Espanhol) English (Inglês) Français (Francês)

PUSL.- Os deputados de vários partidos políticos no Bundestag pedem ao Governo Federal para se envolver em iniciativas diplomáticas dentro da União Europeia, no Conselho de Segurança da ONU e em cooperação com a União Africana para alcançar um fim imediato às hostilidades e ressuscitar o cessar-fogo.

Alcançar uma resolução pacífica – terminando o escalada de violência no Sahara Ocidental

A acção militar de Marrocos contra o movimento pacífico de protesto do
povo saharaui perto de Guerguerat para acabar com o bloqueio de uma estrada  não é aceitável. Por meio de sua acção, o poder ocupante violou o cessar-fogo em vigor desde 1991 e provocando uma escalada de violência no Sahara Ocidental. No contexto do combates em curso em vários locais ao longo dos 2.700 quilômetros de extensão do muro no Sahara Ocidental que separa os territórios ocupados de os territórios libertados, apelamos à liderança do Reino de Marrocos e ao movimento de resistência saharauis Frente Polisario a encontrar uma solução pacífica para o conflito, que existe há mais 40 anos. Isso inclui a realização de um referendo para permitir a autodeterminação do povo saharaui, como preconizado nas resoluções relevantes da ONU. Marrocos não deve continuar a evitar o referendo e negar à última colónia de África o direito de descolonização.

Apelamos ao Governo Federal para se envolver em iniciativas diplomáticas dentro da União Europeia, no Conselho de Segurança da ONU e em cooperação com a União Africana para chegar a um fim imediato às hostilidades e ressuscitar o cessar-fogo.

Se a liderança marroquina continuar a impedir a realização de um referendo sobre o futuro do Sahara Ocidental, como fez durante  os últimos 29 anos, o acordo de comércio livre entre a UE e Marrocos deve ser suspenso. A exploração de recursos na área ocupada do Sahara Ocidental deve acabar. Após décadas de ocupação e assédio, o povo saharaui precisa de perspectivas concretas de vida em paz, liberdade e segurança.

Berlim, 20.11.2020

Sevim Dağdelen
Membro do Bundestag Alemão (Partido de Esquerda)

Kerstin Tack
Membro do Bundestag Alemão (SPD)

Katja Keul
Membro do Bundestag Alemão (Alliance 90 / The Greens)

Gyde Jensen
Membro do Bundestag Alemão (FDP)

Frank Heinrich
Membro do Bundestag Alemão (CDU)