Esta entrada también está disponible en: Español (Espanhol) English (Inglês)

PUSL.- Ana Gomes, a ex-eurodeputada do Partido Socialista, diplomata e candidata independente à Presidência da República publicou um Tweet na segunda-feira dia 14, em que questiona o silêncio do governo português sobre o que classifica como “aviltante negócio contra o Direito Internacional, patrocinado por Trump , entre Marrocos e Israel , às custas do direito de autodeterminação do povo do Sahara Ocidental”.

A candidata recorda que Portugal defendeu o direito de autodeterminação de Timor Leste

Twitter:

Numa entrevista à TVI nesse mesmo dia, no telejornal da noite Ana Gomes voltou a referir o silêncio de Portugal:

“Eu ainda hoje, fiz um tweet a perguntar porque é que Portugal está calado em relação ao alinhamento que foi agora anunciado, patrocinado por Trump entre Marrocos e Israel sobre o Sahara Ocidental mesmo depois do Secretário Geral das Nações Unidas, António Guterres,e bem, ter dito que não é nenhum país que vai patrocinar este este tipo de acordo, que isso tem que passar obviamente pelo Conselho de Segurança e portanto pelos órgãos das Nações Unidas.
… Os direitos humanos são uma matriz essencial de um país como o nosso.

 

One thought on “Ana Gomes, candidata à Presidência da República questiona silêncio do Governo Português sobre decisão de Trump”

Comments are closed.