PUSL.- No dia 18 de fevereiro de 2021 a irmã do Sr. Sidahmed Lemjeyid, a Sra. Mbarka Lemjeyid foi atacada pela polícia marroquina em sua casa, quando amigas se reuniram para prestar homenagem pela morte de outra irmã do Sr. Lemjeyid, a Sra. Hadhum.

Segundo o depoimento do Sr. Hmad Hamad, vice-presidente da CODAPSO, a rua foi bloqueada pelas autoridades marroquinas e ninguém foi autorizado a aproximar-se da casa sitiada.

“Não dá para imaginar a exibição e a quantidade de agentes marroquinos nesta rua naquele dia. A Sra. Lemjeyid estava simplesmente a receber visitas de uma amiga devido ao falecimento da sua irmã. Isso é impossível o que estamos a viver nos territórios ocupados é terrível!”

O incidente foi parcialmente gravado por pessoas dentro da casa onde podemos ouvir mulheres a gritar que os agentes queriam matar a Sra. Lemjeyid e que não há ninguém para protegê-los, “onde estão as Nações Unidas?”.

Uso de cookies

porunsaharalibre.org utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies