Esta entrada también está disponible en: Español (Espanhol) English (Inglês)

PUSL.- Autoridades argelinas que participaram numa reunião videoconferência neste domingo, de diretores-gerais das alfândegas da região do Norte da África e Oriente Médio, retiraram-se após a apresentação de um mapa com a República Árabe Saharauí Democrática (RASD) como parte do território marroquino, disse o director geral argelino D das Alfândegas (DGD) num comunicado de imprensa.

“Estes abusos consistem na promoção de mapas ilegais com o intuito por parte da delegação marroquina de explorar o gabinete de comunicação regional (…) e utilizar esta plataforma, que é uma das estruturas regionais da Organização Mundial das Alfândegas, com o intuito de divulgar essas alegações ilegais “, disse o diretor-geral do DGD, Noureddine Khaldi.