arifnews.com.- O deputado do Partido Socialista dos Paises Baixos, Jasper van Dijk colocou aos Ministros do Interior e das Relações do Reino e das Relações Exteriores oito perguntas sobre o escândalo de hackers Pegasus e o envolvimento marroquino naquele escândalo. Também na Holanda, há muito que há uma votação tanto de políticos quanto de ONGs para restringir o software de espionagem. A Amnistia Internacional alertou repetidamente contra o seu uso indevido por vários regimes. Com o escândalo Pegasus, o debate sobre vigilância de software está mais atual do que nunca.

As primeiras quatro perguntas eram sobre se a Holanda está envolvida no caso. ‘Os holandeses foram hackeados pelo software Pegasus e a Holanda usa esse software?’ Foi o cerne das questões dois e três.

As perguntas 5, 6 e 7 eram sobre o envolvimento de Marrocos no escândalo Pegasus. A pergunta sete pede aos ministros que revejam a política externa em relação a Marrocos. A segunda parte da mesma pergunta era sobre se Marrocos é um país seguro para o qual os requerentes de asilo rejeitados podem ser devolvidos.

Uso de cookies

porunsaharalibre.org utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies