Sahara Ocidental declara os limites exteriores da sua zona económica exclusiva (ZEE) de 200 milhas

Captura de pantalla 2016-03-06 a las 1.21.45

Comunicado da Frente POLISARIO

Bir Lehlu, 5 de Março de 2016

O governo da República Árabe Saharaui Democrática (RASD), liderada pela Frente Polisario, representante do povo saharaui, tomou medidas para proteger os recursos da sua zona marítima ao submeter ao Secretário Geral das Nações Unidas as coordenadas geográficas e cartas que ilustram os limites exteriores das 200milhas náuticas da sua zona económica exclusiva.

As zonas marítimas do Sahara Ocidental, incluindo a zona económica exclusiva, foram oficialmente declaradas em 2009 (ver: http://www.sadroilandgas.com/publicity.htm). Hoje, aproveitando a visita de Ban Ki Moon ao Sahara Ocidental. o governo da RASD, tomou mais um passo ao entregar ao Secretário Geral das Nações Unidas, depositário da convenção das Nações Unidas da lei do Mar, as coordenadas e cartas que delimitam os limites exteriores da ZEE do Sahara Ocidental.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Milhares de saarauis exigem ao secretário-geral da ONU solução antes de fim de mandato

AoMSGJVLskjTOT9AFHjqib8d4wCxw9GNS605n-vsXzFV

Fonte: Observador

Milhares de saarauis pediram a Ban Ki-moon para pressionar Marrocos no sentido de resolver um conflito de quatro décadas, num encontro realizado nas “zonas libertadas” do Saara Ocidental.

Milhares de saarauis receberam hoje o secretário-geral da ONU nas “zonas libertadas” do Saara Ocidental, onde pediram a Ban Ki-moon para pressionar Marrocos para resolver, até final do ano, um conflito de quatro décadas.

O diplomata sul-coreano chegou a meio da tarde, de helicóptero, à localidade de Bir Lehlu, conquistada pela Frente Polisário às forças ocupantes durante a guerra, após uma breve e intensa visita aos campos de refugiados na região argelina de Tinduf.

Tal como no campo de Smara, milhares de saarauis receberam Ban com gritos de “liberdade para o Saara” e apelos para que a ONU imponha a realização do referendo, acordado na década de 1990.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>