General

A realização do referendo no Sahara Ocidental uma exigência do parlamento de Bremen

bremen

31 de março de 2016, porunsaharalibre.org

A urgência  da realização  do referendo de autodeterminação para o Sahara Ocidental esta na agenda internacional, não apenas a União  Africana como também  países da América Latina e alguns paises da Europa instam para que se realize com brevedidade o referendo continuamente obstaculizado por Marrocos desde 1991.

Assim foi o caso dos dois votos aprovados este mês no Parlamento Português e a votação em finais de fevereiro do Parlamento de Bremen, Alemanha. Também em Espanha vários governos regionais hastearam a Bandeira Saharaui em fevereiro em forma de reconhecimento. O parlamento de Bremen foi o primeiro da Alemanha a aprovar a decisão, que anexamos. O  movimento solidário alemão com o povo saharaui está a desenvolver esforços para que os outros parlamentos lhe sigam o exemplo.

Decisão do Parlamento de Bremen (Landtag) 25 fevereiro, 2016

O Parlamento de Bremen na Alemanha decidiu, por unanimidade –

O apoio contínuo aos refugiados do Sahara Ocidental – implementação do referendo

(…)

O Parlamento de Bremen (Landtag) continuará o seu compromisso para com os refugiados do Sahara Ocidental e pelo seu direito à autodeterminação através de um referendo organizado pela ONU.

O Parlamento de Bremen (Landtag) – por ocasião do 40º aniversário da fundação da República Árabe Democrática Saharaui – iça 27 a bandeira da RASD, e acompanha este aniversário com um evento público.

O Parlamento de Bremen (Landtag) solicita ao Senado que defenda junto do Governo alemão, bem como a nível europeu:

Que o prometido referendo da ONU seja realizado

Que as organizações internacionais sejam capazes de assegurar um fornecimento humanitário adequado  aos campos de refugiados na zona fronteiriça do Sahara Ocidental.

Ayúdanos a difundir >>>

Uso de cookies

porunsaharalibre.org utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies