Pergunta do Grupo Parlamentar do PCP ao Governo Português sobre a morte do Sindicalista saharaui Brahim Saika

image00121 de abril de 2016, porunsahralibre.org

A 21 de Abril,  as Deputadas Carla Cruz e Paula Santos, do Grupo Parlamentar do PCP, dirigiram ao Governo, através do Ministério dos Negócios Estrangeiros, uma pergunta sobre  a «Morte de Brahim Saika».

As deputados perguntaram ao Governo Português, se tem informações ou as solicitou junto de instituições internacionais, sobre as condições em que ocorreu a morte de Brahim Saika, dirigente da Coordenadora de Saharauis Desempregados.

Brahim Saika, faleceu15 de abril era dirigente da Coordenadora de Saharauis Desempregados, depois de ter estado vários dias em coma em consequência das atrocidades a que foi sujeito durante a sua detenção.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Pergunta do Grupo Parlamentar do PCP ao Governo Português sobre o seu apoio ao recurso do Conselho da Europa contra a decisão do TJE a favor da Frente Polisário

image00121 de abril de 2016, porunsaharalibe.org

No dia 21 de Abril,  as Deputadas Carla Cruz e Paula Santos , do Grupo Parlamentar do PCP, dirigiram ao Governo, através do Ministério dos Negócios Estrangeiros, uma pergunta sobre o «Pedido de intervenção da República Portuguesa em apoio das conclusões do Conselho».

A 19 de fevereiro do corrente ano, o Conselho da UE interpôs recurso da decisão do Tribunal de Justiça com vista a anular a decisão de 10 de dezembro, tendo o Governo português se associado à decisão do Conselho. No documento a que tivemos acesso, é afirmado que “(…) o Governo português vem solicitar que o Tribunal de Justiça se digne admitir a intervenção da República Portuguesa no presente processo em apoio das conclusões do recorrente conselho”.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

31º dia de greve de fome de 12 Estudantes saharauis detidos

13014966_1367546383261702_1441323427_n21 de abril de 2016, porunsaharalibre.org

Segundo informação da Equipa Media e de activistas de direitos humanos, os 12 estudantes detidos na prisão de Oudaia (Marraquexe) entraram hoje no 31º dia da sua greve de fome, que iniciaram em protesto contra às condições de encarceramento a que estão sujeitos.

O estado de saúde dos jovens degrada-se rapidamente, sendo que três deles, Abaali Ahmed, Mohammed Dadda e Ali Chargui estão mais afectados. A administração da prisão tem ameaçado a vida dos grevistas. Várias cartas dos grevistas, com a denúncia da sua situação e dos maus tratos recebidos, que estavam endereçadas a Associação Marroquina de Direitos Humanos (AMDH) e outras associações de defesa dos direitos humanos, foram apreendidas pela administração da Prisão que tenta impedir a todo o custo que se fale desta greve.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Julgamento de Brahim e Hassan Daoudi adiado para dia 5 de Maio

daoudi21 de abril de 2016, porunsaharalibre.org

Como noticiamos en porunsalaralibre.org (https://porunsaharalibre.org/pt/2016/04/brahim-e-hassan-daoudi-acusados-de-insultar-a-un-funcionario-de-prisiones/) Brahim e Hassan Daoudi foram presentes, hoje dia 21 de Abril às 9h00 no tribunal de primeira instância de Agadir/Inzegan, acusados de ofensas a um funcionário prisional.

Hassan Daoudi solicitou que não se desse inicio ao processo enquanto não tivessem advogado de defesa, mas o juiz não aceitou o pedido.

O Julgamento foi adiado para dia 5 de Maio 2016, no mesmo tribunal.

A familia Daoudi tem sido constantemente perseguida, desde a denúncia de Mbarek Saoudi, de fossas comuns de saharauis assassinados por militares marroquinos. (https://porunsaharalibre.org/tag/mbarek-daoudi/).

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

IU apoia as exigências do ministro dos Negócios Estrangeiros saharaui para “restabelecer e ampliar” o mandato da MINURSO

Bruxelas, 21 de abril de 2016

A deputada da Esquerda Unida, Paloma Lopez, apoiou o ministro dos Negócios Estrangeiros da  República Árabe Saharaui Democrática (RASD), Mohamed Salem Ould Salek, durante a sua visita quinta-feira a Bruxelas, onde se reuniu com os deputados que compõem o Intergrupo para o Sahara Ocidental. “Apoiamos há 25 anos a legítima reivindicação do povo saharaui. O Conselho de Segurança da ONU deve renovar o mandato da MINURSO e implementar sem demora um referendo para que o povo saharaui possa exercer o seu direito à independência “, disse a deputada.

A declaração de Lopez, vice-presidente do Intergrupo, foi feita no final de uma conferência de imprensa no Parlamento em que a deputada enfatizou que o novo mandato da Missão das Nações Unidas para o Referendo no Sahara Ocidental deve ser acompanhado de uma missão de observação dos direitos humanos, algo que até agora não está  incluído.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

CGTP-IN condena morte de sindicalista Saharaui

c8a1dc06-440b-4825-b74e-fa9dcb5f329aFonte: cgtp.pt

A CGTP-IN expressa o seu profundo pesar à família, aos amigos e à Coordenadora de Saharauis Desempregados pela morte do dirigente sindical e preso político Brahim Saika, preso e torturado pelas autoridades marroquinas.

A CGTP-IN denuncia e condena a forma arbitraria como as autoridades ocupantes de Marrocos trataram este sindicalista e dirigente sindical Saharaui, violando todos os seus direitos, processo cujo desfecho veio a ser a sua morte.

Brahim Saika foi preso antes de um protesto já agendado para chamar a atenção para a grave situação em que se encontram os trabalhadores Saharauis, vítimas de descriminação e de violação dos seus direitos laborais. O seu percurso desde a prisão até ao momento da sua morte evidencia a prática recorrente de repressão política e laboral das autoridades marroquinas contra os trabalhadores Saharauis, recorrendo a todas as formas de violência, incluindo a tortura e a morte, para impor o medo e a subjugação colonial de todo um povo. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

A Polisário apela ao Conselho de Segurança da ONU para que assuma as suas responsabilidades no Sahara Ocidental

mhamed_khadadNova Iorque, 20/04/16(SPS)

O membro do Secretariado Nacional da Frente Polisario e coordenador saharaui junto da MINURSO, Mohamed Jadad, fez um apelo urgente ao Conselho de Segurança da ONU para que assuma as suas responsabilidades como se reafirmou várias vezes nas suas próprias resoluções, num comunicado divulgado quarta-feira.

Declaração de Mohamed Jadad, Coordenador da Frente POLISARIO com a MINURSO:

“A Frente POLISARIO toma nota do Relatório do Secretário-Geral sobre a situação no Sahara Ocidental, e de acordo com o Secretário-Geral, solicita o restabelecimento completo da Missão das Nações Unidas para o Referendo no Sahara Ocidental (MINURSO). Marrocos, com a sua decisão unilateral de expulsar o pessoal da missão de paz da MINURSO representa uma séria ameaça para o povo do Sahara Ocidental, e é um sério desafio à autoridade do Conselho de Segurança da ONU.

A Frente POLISARIO manifesta a sua profunda preocupação com as repetidas e sustentadas obstruções pelo Reino de Marrocos ao processo político da ONU no Sahara Ocidental. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Muro em torno de El Aaiun ocupado. Proteção ou agressão.

arton1910-566ed

Terça-feira 19 de abril de 2016, por Equipe Media

De 17 março a 13 abril 2016, uma empresa vassala das autoridades de ocupação marroquinas construiu um muro de 4 km de cumprimento em El Aaiun, em torno do Bairro 25 de Março, a leste de El Aaiun, a uma distância de 500 m. De acordo com informações recolhidas pela Equipe de media, esse trecho é o primeiro de uma parede destinada a cercar toda a cidade, o que representarumia 20 a 25 km em perímetro.

O muro, com 1,70 m. de altura e 2 metros de largura, vai desde a franja Oued Essaguia ao posto de controle localizado na estrada entre El Aaiun e Smara ocupada. Foi construído com areia e rochas pela sociedade Omar Sbayou, que se mobilizou para as obras 60 trabalhadores e 4 bulldozers Poclain e 6 camiões.

O funcionário, Omar Sbayou, é um ex-membro do exército marroquino responsável pelas prisões de civis saharauis, tendo-se tornado um empresário muito rico no Sahara Ocidental. Seus trabalhadores são colonos marroquinos. Read more

Ayúdanos a difundir >>>