Alerta pela deterioração do estado de saúde de preso politico saharaui

13153453_1376549302361410_1702713303_nFonte: lavanguardia.com

Argel, 03 maio (EFE) .- A Comissão de Direitos Humanos saharaui (CONASADH) expressou hoje a sua profunda preocupação com a “grave deterioração” do estado de saúde de Abdelkhalek Merkhi ativista que entrou em greve de fome no início de abril na prisão local de Tiznit (Marrocos).

Num comunicado divulgado hoje pela agência saharaui SPS, a CONASADH explica que Merkhi “sofre de perdas de consciência e dificuldade em andar ou mover-se normalmente” devido à greve de fome.

“Reafirmamos a nossa solidariedade com sua causa e as suas reivindicações legítimas (e pedimos) que sejam observados os requisitos e as convenções internacionais pertinentes “, a CONASADH, responsabiliza Marrocos por tudo o que possa acontecer a. Read more

Ayúdanos a difundir >>>