Rasd na agenda dos Direitos Humanos do Parlamento Brasileiro

Parlamento Brasileño

20 de maio de 20116, porunsaharalibre.org

Laarosi Mohamed, representante del Frente Polisario y el embajador de la República Saharaui a Brasil, participó el jueves (05/19/2016), en Brasilia, audiencia pública de la Comisión de Derechos Humanos de la Cámara de Representantes, por invitación de los parlamentarios junto con representantes de la sociedad civil, movimientos sociales y los funcionarios públicos que actúan en el ámbito de los derechos humanos, para discutir una agenda común en la zona con el fin de apoyar el desarrollo del plan de trabajo de la Comisión. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Cuba continuará a apoirar internacionalmente a causa saharaui

Cuba

Havana, 19 de Maio 2016, Prensa Latina

Cuba continuará a apoiar em todos os as instituições internacionais a luta do povo saharaui pela sua independência, disse hoje Alicia Corredera, vice presidente do Instituto Cubano de Amizade com os Povos (ICAP).

“A luta do povo saharaui é uma causa prioritária de solidariedade de Cuba com os outros povos do mundo e como tal, continuaremos a proclamar para que obtenham a sua libertação” destacou Corredera à Prensa Latina.

Durante um acto de comemoração pelos 43 anos do início da luta pela liberdade do povo saharaui, Corredera denunciou os abusos que diariamente são cometidos pelas forças ocupantes marroquinas contra os cidadãos daquele território.

“É um crime ver como sofrem a discriminação, como vivem em condições deploráveis e os sacrifícios que fazem para sobreviver perante as agressões dos invasores”, afirmou. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

A Empresa polaca Geofizyka Kraków inicia operações no Sahara Ocidental:

Geofizyka Kraków

Fonte: Centroso.com 19 de maio de 2016 / Tradução porunsaharalibre.org
Associação de monitorização dos recursos e a Protecção do Meio Ambiente no Sahara Ocidental.

El-Aaiun, Sahara Ocidental

Em 17 de maio de 2016, a Empresa Geofizyka Kraków começou a trabalhar no território disputado do Sahara Ocidental após a assinaturade um acordo de contrato com o Bureau Nacional Marroquino dos hidratos de carbono e Energia (ONHYM) no início deste ano. A empresa a fazer um levantamento sísmico na região de El-Aaiun no Sahaara Ocidental para o benefício do governo marroquino. Estas pesquisas sísmicas realizam-se para explorar o potencial de existência de minerais, petróleo ou gás numa área determinada. Geofyzika Krakow iniciou a sua operação, a 16 de Maio, numa área localizada no deserto de El-Aaiun, com o nome: Kdayyat Sbaa. As pesquisas sísmicas devem ocorrer ao longo de uma linha de 164 km a partir de Kdayyat Sbaa e todo o caminho até a região de Lamsid localizada junto ao Atlântico, a norte da cidade de Boujador.

Estas averiguações têm por objectivo a medição das geo-propriedades da terra por meio de princípios físicos, tais como teorias magnéticas, elétricas, gravitacionais, térmicas e elásticas. Baseia-se na teoria da elasticidade e, por conseguinte, tentar deduzir propriedades elásticas dos materiais, medindo a sua resposta a perturbações elásticas denominadas ondas sísmicas (ou elásticas). Determinam assim a existência de minerais, petróleo ou gás utilizando esses métodos que são reconhecidos internacionalmente. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Universidade do Algarve (Portugal) acolhe dia de Solidariedade com o povo saharaui

13245843_1387843657898641_1485412108_n

Fonte: Delegação da Frente Polisario em Portugal

Coincidindo com os aniversário do 10 e 20 de Maio realizou-se na Universidade do Algarve um dia de solidariedade em comemoração do 43 º aniversário da fundação da Frente Polisário como o único e legítimo representante das aspirações do povo saharaui para independência e soberania nacional.

O evento foi organizado por iniciativa do Sindicato dos Professores (FENPROF) em coordenação com o CPPC (Conselho Português para a Paz e Cooperação) e contou com a presença de:

-Dr. Mário Nogueira, presidente do sindicato,
– Sra. Inês Seixas membro da direção do CPPC
– Sr. Ahamed Fal, delegado da Frente Polisário em Portugal Read more

Ayúdanos a difundir >>>

20 de Maio de 1973 – primeira acção armada da Frente Polisário contra Espanha

florsaharac20 de maio de 2016, porunsaharalibre.org

A 20 de Maio de 1973, apenas dez dias após a sua fundação, a Frente Polisario realizou a sua primeira acção armada contra o colonialismo espanhol. O alvo foi o posto da policia de El Janga.

Esta acção foi a primeira que marcou o inicio da guerra de libertação e que rapidamente ultrapassou a capacidade de resposta de Espanha e o seu controle sobre o território saharaui.

As ações seguintes fortaleceram o prestigio da Frente Polisario não só perante a população saharaui como também entre os saharauis que serviam no exercito colonial espanhol.

A história é conhecida, Espanha vendeu o território e os seus habitantes como se tratassem de um rebanho de cabras a Marrocos e Mauritânia, cedendo este país riquíssimo nos acordos de Madrid, de forma ilegal e criminosa.

Seguiram-se os bombardeamentos de Napalm e Fósforo Branco, a Marcha Negra (chamada de verde pelos Marroquinos), milhares de mortos, torturados, desaparecidos e uma guerra de resistência e valentia dos Saharauis até 1991, quando foi assinado o cessar-fogo. Read more

Ayúdanos a difundir >>>