Lopez (IU) exige da UE um protesto oficial contra Marrocos pela repressão continua a activistas saharauis

IU

Paloma López, Deputada do Parlamento Europeu da Esquerda Unida

Fonte: iueuropa.org

A Eurodeputada da Esquerda Unida, Paloma Lopez, instou a Alta Representante da União Europeia para os Negócios Estrangeiros, Federica Mogherini, a apresentar um “protesto oficial” contra Marrocos pela “repressão constante” perpetrada contra grupos de activistas saharauis. A repressão, disse a vice-presidente do Intergrupo para o Sahara Ocidental, no Parlamento Europeu, que “tem vindo a aumentar à medida que os protestos crescem sobre uma situação que é insustentável e deve ser resolvido no âmbito das resoluções das Nações Unidas, ou seja, um referendo. “

Em duas perguntas parlamentares separadas, Lopez queixa-se, por um lado, dos “níveis de repressão inaceitáveis” que está a utiliza a força policial da ocupação marroquina para dissolver e reduzir qualquer tipo de demonstração ou manifestação organizada por saharauis e faz uma atualização da situação dos presos políticos, muitos deles em greve de fome durante semanas para exigir a sua libertação e um referendo no Sahara Ocidental.

Num desses textos enviados a Mogherini, a Eurodeputada apresenta o caso de Abdelkhalek Merkhi prisioneiro saharaui preso político detido “ilegalmente”, em Tiznit que começou uma greve de fome em abril “para protestar contra a violação dos seus direitos fundamentais” . Lopez, citando os relatórios da Comissão Nacional de Direitos Humanos saharaui (CONASADH), avisa sobre a “grave deterioração” da sua saúde e solicita à UE uma solução.

Lopez lembra que de Merkhi “não é um caso isolado” e, portanto, voltou a colocar sobre a mesa da chefe da da diplomacia europeia os nomes de Mohamed Dihani, Mohamed Banbari, Salah Lebsir, Yahya Mohamed, Mbarek Daoudi e o grupo emblemático dos presos políticos de Gdeim Izik. A este respeito, criticou Mogherini que se “limita ao diálogo com as autoridades marroquinas de ocupação”, enquanto “a repressão e privação dos direitos fundamentais dos presos saharauis continua a ser uma parte integrante da actividade de colonização marroquina.”

A Eurodeputada, voltou a exigir nesta segunda-feira o retorno do componente civil da MINURSO, com um mandato ampliado para incluir a observação do respeito pelos direitos humanos, e pediu a Mogherini que também tente assegurar a participação oficial de organizações como a CONASADAH ou a Associação de Familiares de presos saharauis e Desaparecidos na supervisão dos presos saharauis.

No que se refere a repressão policial, Lopez chamou a atenção da Alta Representante para a atuação das autoridades de ocupação marroquinas no último 11 de maio, durante uma concentração de saharauis desempregados em memória de Brahim Saika, um sindicalista que morreu em abril num hospital de Agadir apenas 18 dias após a sua detenção fora de sua casa em Guelmim.

De acordo com relatos de várias organizações saharauis, a polícia dispersão violentamente a manifestação, que coincidiu com o Dia Mundial da ONU para a luta contra o desemprego e a exclusão social, causando vários feridos. Lopez quer saber se a UE está ciente deste caso, que tem um antecedente em El Aaiun em meados de abril e convida Mogherini a expressar claramente se acha que o Marrocos viola as suas obrigações internacionais ao suprimir protestos de ativistas dos direitos sociais e laborais dos saharauis.

Finalmente, a deputada da IU refere à Alta Representante a expulsão de El Aaiun em 6 de Maio, de dois jornalistas polacos nos territórios ocupados do Sahara Ocidental. Lopez adverte sobre a censura e hostilidade com a qual o Reino de Marrocos trata a comunicação social e os jornalistas quando eles querem aproximar-se da realidade da opressão do povo saharaui e pretende garantias que forcem Rabat a respeitar o direito à informação e liberdade de expressão.

Documentación presentada:

Abdelkhaleh Merkhi

 

Expulsión de periodistas polacos de los Territorios Ocupados del Sáhara Occidental

Violencia contra manifestantes saharauis

Ayúdanos a difundir >>>