Banco Central da Noruega exclui duas empresas petrolíferas que operam no Sahara Ocidental

noruega_buena_gestion_y_petroleo

Oslo, 6.29.16 (SPS)

O Banco Central da Noruega excluiu duas empresas petrolíferas que operam “para Marrocos no Sahara Ocidental devido a graves violações dos padrões éticos básicos”, de acordo com o Conselho de Ética do Banco, citado pela Reuters.

“Cairn Energy, uma empresa de produção e fornecimento de energia com sede em Edimburgo, e a empresa americana” Kosmos Energy “foram excluídos por violar os padrões éticos básicos, com a sua exploração de petróleo perto da costa do Sahara Ocidental em favor da autoridades marroquinas “disse que o Conselho de Ética do Banco Central Norueguês, “declarando a sua exclusão “, informa a Reuters.

Esta decisão foi ratificada pelo Conselho de Administração, com base nos argumentos do Conselho, que expressaram sua convicção de que “os argumentos apresentados preencheram os critérios de exclusão” Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Comunicado da representação da Frente Polisário para o Brasil

Ccnw4awWIAAV71h

29 de junho de 2016, porunsaharalibre.org

A Representação da Frente Polisario para o Brasil, congratula-se com a importante decisão adoptada quinta-feira, dia 23 de Junho, 2016, pelo Pleno do Senado, do requerimento 756, dirigido ao Governo do Brasil, a fim, de acordo com a resolução, definir num prazo de 30 dias para o Congresso, a sua posição sobre questões importantes relacionadas com o Sahara Ocidental, nomeadamente, sobre o estabelecimento de relações diplomáticas com a República Saharaui; o papel da Missão das Nações Unidas para o Referendo no Sahara Ocidental MINURSO, perante a grave situação dos direitos humanos no território; e em relação à situação humanitária dos refugiados saharauis.

A Frente Polisario aproveita esta oportunidade para, antes de mais agradecer ao Senado Federal, a sua preocupação permanente em acompanhar a questão do Sahara Ocidental e, em particular, cumprimentar o grupo de senadores, (autores e relatores), que em representação de uma grande e transversal composição política, participaram no processo de elaboração deste requerimento, na medida em que é um importante apoio moral e político à luta legítima do povo saharaui pela liberdade e um forte apego à legalidade internacional por uma das maiores instituições do país. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Delegação da Frente Polisário participa na 10ª Convenção do Bloco Esquerda

fal be

27 de junho de 2016, porunsaharalibre.org

O representante da Frente Polisario em Portugal Sr. Ahamed Fal Emhamed participou nas sessões de trabalho da 10ª Convenção do BE que teve lugar a 24,25 e 26 de Junho em Lisboa. A convenção contou com mais de 400 delegados e a a presença de delegações estrangeiras da Europa, África e América Latina, em representação de vários partidos.

Durante a convecção foram abordados os problemas nacionais e internacionais, tanto a causa saharaui com a causa palestiniana foram objecto de uma grande demonstração de solidariedade, aplausos e “vivas” pelos delegados presentes.

O Bloco de Esquerda é um dos Partidos em Portugal, que assim como o Partido Comunista e o Partido Ecologista os Verdes , tem apoiado a causa saharaui incondicionalmente ao longo dos anos tanto a nível nacional e como na União Europeia. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Falece Mahmoud Zawi, irmão do preso político saharaui do grupo de Gdaim Izik Houssein Zawi

zawi24 de junho de 2016, porunsaharalibre.org

O irmão de Houssein Zawi, Mahmoud Zawi residente em Valencia, Espanha, faleceu esta madrugada em consequência de um acidente de carro. Mahmoud nasceu em 1984.

Nos mais de 5 anos de prisão ilegal dos presos de Gdaim Izik são já vários os familiares mais chegados que falecem sem que os presos possam atender os funerais.

Isto viola claramente os artigos do standard mínimo dos presos das Nações Unidas.

Desde porunsaharalibre transmitimos as nossas condolências à família. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Dia Internacional dos Refugiados – uma forma simples de ajudar centenas de milhares

8193532379_8c67b25f68_z

20 de junho de 2016, porunsaharalibre.org

Hoje comemora-se o dia internacional do Refugiado. O facto de existir e ser necessário um dia Internacional do Refugiado é triste e uma vergonha para a humanidade. Passados séculos de guerras, invenções, desenvolvimentos, descobrimentos, avanços tecnológicos, e num mundo da globalização onde a comunicação, a troca e intercâmbio de ideias e acontecimentos é facilitada, ainda não foi possível alcançar a formula que nos permita viver e conviver em paz e harmonia, algo que tem que vir de dentro de cada um de nós e das nossa convicções e anseios enquanto seres humanos.

O povo Saharaui continua refugiado, passaram mais de 40 anos, e o silêncio e a inércia da comunidade internacional obrigam a centenas de milhares de pessoas a viver o horror da vida de um refugiado, as carências, as dificuldades, a violência e neste caso a espera interminável, roubados do presente, esquecidos pelos meios de comunicação social. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Manifestações diárias nos territórios ocupados pela autodeterminação do Sahara Ocidental

mano

19 de junho de 2016, porunsaharalibre.org

Após 25 anos de espera por um referendo que não chega, e 11 anos após o inicio da intifada pacífica, a população saharaui está mais determinada que nunca a alcançar a independência , a autodeterminação e dizer adeus de uma vez para todas ao regime de terror da ocupação Marroquina.

Numa conjuntura de enorme impasse na situação do Sahara Ocidental devido à continua inércia da ONU impor a realização do referendo para o Sahara Ocidental acordado em 1991, a escalada de terror sore a população saharaui nos territórios ocupados com gravíssimas violações dos direitos humanos, a expulsão por parte de Marrocos de parte do contingente da MINURSO e o falecimento de S. Exa. o Presidente da RASD Mohamed Abdelaziz, os saharauis em pleno ramadão multiplicam manifestações em El Aaiun e outras cidades dos territórios ocupados.

As várias organizações e associações saharauis de defesa dos direitos humanos, pela autodeterminação, movimento dos desempregados e vários grupos espontâneos não dão tréguas ao ocupante manifestando-se todas as noites apesar das brutais cargas policiais que sofrem donde resultam inúmeros feridos. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

A causa saharaui consegui uma vitória diplomática ao nível das Nações Unidas

boukhari_ahmed_1

Washington, 18/06/16 (SPS)

A causa saharaui registou esta sexta-feira” uma vitória diplomática” ao nível da ONU com “a consagração definitiva da Frente Polisário como o único e legítimo representante do povo saharaui”, disse o deputado da Polisario na ONU, Ahmed Boukhari.

De acordo com declarações à agência argelina APS, o diplomata saharaui disse que “este sucesso diplomático é o resultado de como as Nações Unidas, por meio do Conselho de Segurança, mantém a pressão sobre Marrocos para permitir o regresso do pessoal da MINURSO”.

“É posto um ponto final a um longo período de pressão e manobras implementadas por Marrocos para impor condições que sejam contrárias ao direito internacional e aos princípios que dita da Comissão dos 24”, diz Ahmed Bukhari. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

PEV dirigiu pergunta ao Ministério dos Negócios Estrangeiros sobre contestação do acórdão do tribunal europeu sobre Acordos de Pesca e Agricultura entre UE e Marrocos

os verdes

17 de junho de 2016, porunsaharalibre.org

Hoje, Os senhores Deputados- Heloísa Apolónia e José Luís Ferreira do Partido Ecologista Os Verdes – PEV (Portugal) dirigiram uma pergunta ao Ministério dos Negócios Estrangeiros sobre a contestação do Governo Português ao acórdão do Tribunal Europeu sobre os Acordos de Pesca e Agricultura entre a União Europeia e o Reino de Marrocos.

Na pergunta enviada ao Presidente da Assembleia da República, destinada ao Ministro dos Negócios estrangeiros os deputados do PEV indagam porque razão o Governo português solicitou que o Tribunal de Justiça admitisse a intervenção da República Portuguesa neste processo, em apoio das conclusões do Conselho da União Europeia.

Recordam que os acordos internacionais celebrados pelo poder administrativo de um território não autónomo não se aplicariam nesse território, salvo se estivesse expressamente escrito em extensão. Logo, se não existe um acordo com tal extensão, o Acordo de Associação com Marrocos aplica-se apenas aos produtos originários do Reino de Marrocos, Estado que, de acordo com a lei internacional, não inclui o Sahara Ocidental. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

48 dias após a resolução do Conselho de Segurança o Sahara Ocidental é discutido sob “assuntos vários” em reunião deste organismo

0

17 de junho de 2016, porunsaharalibre.org

Ontem 16 de Junho, a situação do Sahara Ocidental foi discutida no Conselho de Segurança da ONU (CS) sob o ponto de assuntos vários na ordem de trabalhos.

Esta discussão foi realizada a pedido da Venezuela, país que votou contra a resolução do CS sobre o Sahara Ocidental, no passado dia 29 de Abril, uma vez que considerou que a resolução não era suficientemente forte, nem apropriada para se chegar finalmente a uma efetiva solução do problema. O Conselho de Segurança concedeu um prazo de 90 dias para o regresso dos mais de 80 funcionários civis da MINURSO expulsos por Marrocos dos territórios ocupados do Sahara Ocidental. O regresso deste contingente é vital para que se possa assegurar o funcionamento e cumprimento das tarefas desta força de Paz da ONU.

O ponto de situação foi dado nesta reunião por Herve Ladsous, Subsecretário Geral para a manutenção das operações de paz da ONU. Nessa reunião fontes independentes como o caso de Inner City Press foram impedidas de assistir. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Sonho com o meu pai, e quando acordo olho para a parede e choro…

13446272_1406664526016554_383683240_o15 de Junho 2016, Isabel Lourenço para porunsaharalibre.org

Fatma Zawi 8 años

Os filhos dos presos políticos saharauis são as vitimas esquecidas, que sofrem a sentença dos pais na pele.

Dos mais de 50 presos políticos saharauis, muitos têm filhos e filhas menores. Algumas dessas crianças nasceram após a detenção dos seus pais.

Marrocos envia os presos políticos saharauis para prisões marroquinas, fora dos territórios ocupados do Sahara Ocidental, sequestrando na realidade estes homens para um país estrangeiro e a centenas e por vezes milhares de km de distância das suas famílias.

As autoridades marroquinas violam não só os direitos dos presos políticos como os direitos dos seus filhos menores.

São vários os casos de filhos menores que assistiram à captura e detenção dos seus pais, com invasão das casas, um cenário de violência extrema que causa traumas para toda a vida, como está documentado por várias organizações e instituições académicas. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Entrevista com Jadiyetu O Mohtar, membro da UNMS e da delegação da Frente Polisario em Espanha

jadiyetu mohtar15 de junho de 2016, porunsaharalibre.org

A UNMS (União de Mulheres Saharauis) é uma organização muito activa, tanto nos campos de refugiados, e em várias organizações internacionais e nos territórios ocupados onde muitas dos ativistas mais proeminentes são membros da UNMS.

Jadiyetu O Mohtar nasceu em Dakhla, estudou Tradução e Interpretação na Universidade de Alcalá de Henares, é membro da UNMS e da delegação da Frente Polisario em Espanha.

Na sua longa experiência já foi responsável das Relações Internacionais da UNMS, foi a voz do Sahara Libre através da rádio nacional saharaui, que transmitia os seus programas em espanhol a partir das zonas libertadas durante o colonialismo espanhol e mais tarde seria rebatizada sendo hoje a rádio nacional saharaui.

Trabalha na divulgação e elaboração de relatórios da situação do seu povo e desempenha um grande trabalho em campanhas diplomáticas para política humanitária procurando apoio a favor da causa e do seu povo. Read more

Ayúdanos a difundir >>>
1 2 3 5