O presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, envia as suas condolências pela morte de Mohamed Abdelaziz

ortegaFonte: Efe

O presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, enviou as suas condolências pela  “morte lamentável” do Secretário Geral da Frente Polisário e Presidente da República Árabe Saharaui Democrática (RASD), Mohammad Abdelaziz, que faleceu aos 68 anos.

“Foi com profundo pesar que tomamos conhecimento da morte do amigo e companheiro Mohamed Abdelaziz, presidente da nação irmã, República Árabe Saharaui Democrática e Secretário-Geral da Frente Polisário”, escreveu Ortega numa carta dirigida a Khatri Addouh, presidente interino do país, e divulgada em Manágua.

De acordo com Ortega, “a humanidade perdeu um grande defensor da liberdade e um símbolo da luta pela descolonização e da autodeterminação dos povos” com a morte de Abdelaziz.

“Eu gostaria de transmitir-lhe, em nome do povo da Nicarágua, o Governo de Reconciliação e Unidade Nacional, a Frente Sandinista de Libertação Nacional (FSLN), minha família e eu, uma mensagem fraterna e solidária de condolências pela infeliz morte do querido irmão Mohamed Abdelaziz “, acrescentou.

Para Ortega, Abdelaziz “será lembrado pela altura do seu exemplo, a grandeza da sua luta e a força das suas convicções pela liberdade e a dignidade dos povos”.

“A nossa solidariedade  da Nicarágua, cristã, socialista e, cumprimentou-os com amor e orações para que Deus dê conforto ao povo saharaui e aos familiares do camarada Abdelaziz”, acrescentou.

Ayúdanos a difundir >>>