Marrocos acusa Israel, esquecendo os mesmo crimes que comete no Sahara Ocidental

salaheddine-mezouar

22 de setembro de 2016, porunsaharalibre.org

No discurso de meia hora Salaheddine Mezouar, Ministro de Negócios Estrangeiros de Marrocos referiu a contribuição de Marrocos para as Missões de Paz das Nações Unidas, o processo do Sahara Ocidental citando o discurso do Rei e acusou Israel de vários crimes no processo da Palestina, crimes esses que são exactamente o que Marrocos pratica no Sahara Ocidental. Referiu ainda que Marrocos é o país que dá valor aos direito humanos realizando um sem número de iniciativas e workshops para sensibilizar e alcançar o desenvolvimento nesse domínio.

Foi clara a mensagem dirigida ao Conselho de Segurança quando Mezouar listou as contribuições de Marrocos para as várias missões de paz da ONU, sem nunca referir a expulsão por parte de Marrocos dos funcionários da MINURSO, mas realçando a quantidade de elementos marroquinos que contribuem para outras missões de paz, deixando uma ameaça velada das consequências possíveis caso Marrocos deixe de contribuir. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

UA emite comunicado sobre pedido oficial de adesão de Marrocos

31421-img_1827

22 de setembro de 2016, porunsaharalibre.org

Segundo comunicado oficial publicado hoje no site da União Africana, Marrocos solicitou oficialmente à adesão à União Africana.

Taieb Fassi Fihri, conselheiro do rei de Marrocos para os Assuntos de Exteriores do Reino de Marrocos informou ontem em Nova Iorque durante um encontro bilateral que teve com a Presidente da Comissão da UA, Dra. Nkosazana Dlamini Zuma que uma carta oficial com o pedido de adesão tinha sido entregue nesse mesmo dia em Adis Abeba Etiópia, na sede da UA.

Na reunião bilateral que teve lugar à margem da 71º Assembleia Geral da ONU, a Dra. Zuma informou o conselheiro do rei de Marrocos, que os tramites estabelecidos pelo Acto Constitutivo da UA irão ser iniciados e os estados membros da UA informados do pedido de adesão. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Jornalista saharaui detido e assediado pelas autoridades de ocupação

periodista-abrabou-badi

22 de setembro de 2016, porunsaharalibre.org

Dia 22 de Setembro o jornalista saharaui Abrabou Badi foi detido pelas autoridades marroquinos que o interrogaram durante varias horas acabando por ser libertado no final da noite.

Badi ia filmar o testemunho do seu irmão Mustafaa Almarufi que tinha sido violentamente espancado pelas forças de ocupação.

Almarufi é professor num instituto em El Aaiun e tem salários em atraso. Ao protestar junto do director marroquino do instituto exigindo os seus direitos as forças de ocupação investiram selvaticamente.

O apartheid politico, economico e social a que são sujeitos os saharauis nos territórios ocupados agrava-se diariamente com o empobrecimento forçado da população. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Vários presidentes e chefes de Estado apelaram à aceleração do processo de descolonização do Sahara Ocidental

descolonizacion

23 de setembro de 2016 por porunsaharalibre

Nova York, 22/09/2016 (SPS)

Na 71ª Sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas, que teve lugar hoje na sede da ONU em Nova York, converteu-se uma plataforma para a defesa da luta do povo saharaui e apelos para que seja acelerado o processo de descolonização no Sahara Ocidental, através da garantia do povo saharaui ao seu direito inalienável à autodeterminação e independência através de um referendo livre, justo e transparente sob os auspícios da ONU.

Várias intervenções de presidentes e chefes de Estado que participam nesta sessão chamram a atenção para a situação perigosa prevalecente no Sahara Ocidental, se a situação não evoluir no processo de descolonização da última colónia de África.

O tema desta 71ª Sessão da Assembléia Geral, “Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: impulso universal para transformar nosso mundo”, foi destacado por vários oradores, que disseram que “não se pode alcançar o desenvolvimento sustentável sem alcançar as aspirações da povos à liberdade e independência “. Read more

Ayúdanos a difundir >>>