41 anos da invasão militar do Sahara por Marrocos

invasion-militar-y-marcha-verde

31 de octubre de 2016, porunsaharalibre.org

31 de outubro assinala 41 anos da invasão militar marroquina do Sahara Ocidental.

Em 31 de outubro, 1975 tanques e regimentos blindados do exército marroquino invadiram o Sahara Ocidental começando em Hauza e Djederia (leste de Smara).

O regime marroquino camufla a invasão militar que começa a destruir, matar e raptar saharauis, desviando a atenção para a Marcha Verde (a Marcha Negra), atingindo o posto de fronteira Tah, entre Daoura e Tarfaya (Sahara Ocidental), a 6 de Novembro de 1975.

Espanha tinha obrigações claras enquanto metropole que violou segundo o direito internacional. A atitude de Espanha e falta de dignidade representou uma traição do povo saharaui que continua a sofrer com a ocupação e o exílio.

CONDENAMOS A INVASÃO MILITAR MARROQUINA DO SAHARA OCIDENTAL em 31 de outubro de 1975!!
‘Condenamos a MARCHA VERDE (marcha negra) a 06 de novembro de 1975!!

Leer más …41 anos da invasão militar do Sahara por Marrocos

IU denuncia tortura sistemática aos presos políticos saharauis de Gdeim Izik e expulsões arbitrárias por Marrocos

izquierda unida

Fonte: Esquerda Unitária Europa

A Eurodeputada da Esquerda Unida e vice-presidente do Intergrupo de solidariedade com Sahara Ocidental, Paloma López, denunciou através de quatro perguntas parlamentares à Alta Representante da União para os Negócios Estrangeiros, Federica Mogherini, novos episódios de tortura sistemática de dos presos políticos saharauis, mais expulsões arbitrárias por parte do Reino de Marrocos e aumento da repressão nos territórios ocupados contra os ativistas que lutam pela autodeterminação do povo saharaui.

Na primeira questão, Lopez informou Mogherini que desde que as autoridades marroquinas transferiram em agosto, os 21 presos políticos Gdeim Izik que aguardam um julgamento civil, estes têm sido vítimas de “contínuas violações dos seus direitos fundamentais “. As queixas já expostas à chefe da diplomacia europeia numa carta promovido pela deputada da IU e assinada por mais de vinte deputados no início deste mês, Lopez adiciona novas evidências para provar como os detidos estão a ser torturados pelos guardas prisionais, com a aprovação do diretor.

Leer más …IU denuncia tortura sistemática aos presos políticos saharauis de Gdeim Izik e expulsões arbitrárias por Marrocos

Fundación Sahara Ocidental reúne com a presidente do parlamento estremenho

fundacion-sahara-occidental

26 de outubro de 2016, porunsaharalibre.org

A Fundação Sahara Ocidental (FUSO) reuniu hoje com a Presidente do Parlamento Estremenho, Sra. Blanca Martín Delgado.

Durante a reunião o presidente da FUSO, Dr. José Manuel de La Fuente apresentou um resumo dos últimos acontecimentos nos territórios ocupados e sobre o trabalho desenvolvido para apoiar os activistas saharauis em Badajoz na Casa dos Heróis, onde são acolhidos ex-presos políticos e activistas que necessitam de assistência médica e jurídica. De La Fuente explicou ainda o trabalho desenvolvido por parte da FUSO, através do envio de observadores internacionais aos territórios ocupados e aos julgamentos dos activistas saharauis. O trabalho de sensibilização e denúncia através da organização e participação em debates e conferências foi outro dos aspectos referidos.

Leer más …Fundación Sahara Ocidental reúne com a presidente do parlamento estremenho

Pergunta Escrita à Comissão Europeia de Miguel Viegas do PCP no Parlamento Europeu – “Prisão e tortura de activista Saharaui”

miguel-viegas26 de de outubro 2016, porunsaharalibre.org

Miguel Viegas, euro deputado do PCP questionou a Comissão Europeia sobre a situação do activista e ex preso politico Mohamed Daoudi, que foi sequestrado e torturado pelas autoridades marroquinas no inicio deste mês e cujo estado de saúde coloca grande preocupação.

Pergunta à Comissão Europeia de Miguel Viegas:

Mohamed Daoudi foi sequestrado no passado dia 5 de Outubro pelas autoridades marroquinas em Guelmin, sul de Marrocos e levado para a esquadra onde foi brutalmente torturado, entrando em coma. Mohamed Daoudi é filho de Embarek Daoudi actualmente detido nas prisões marroquinas.

Leer más …Pergunta Escrita à Comissão Europeia de Miguel Viegas do PCP no Parlamento Europeu – “Prisão e tortura de activista Saharaui”

Apresentada proposta não legislativa no Parlamento da Galiza sobre a inclusão dos territórios saharauis na CRPM

Xabier Ron, Esquerda Unida
Xabier Ron, Esquerda Unida

Fonte: Esquerda Unida/ Tradução: porunsaharalibre.org

Xabier Ron: “Se Dakhla e incluida na Conferência das regiões periféricas e marítimas, tal como reivindicado por Marrocos, isso resultaria numa nova violação do direito internacional”

A Conferência das Regiões Periféricas Marítimas (CRPM) será realizada entre 2 e 4 de Novembro nos Açores

Compostela, 27 de outubro de 2016. Xabier Ron, membro da direção da Esquerda Unida e ex-vice-AGE, denunciou esta manhã em conferência de imprensa a sua preocupação pela contínua violação dos direitos do povo saharaui pelo Reino de Marrocos . Um novo exemplo disso seria a incorporação de Dakhla na Conferência das Regiões Periféricas Marítimas “, uma manobra para justificar a ocupação de territórios que pertencem, de forma soberana, ao povo saharaui, conforme reconhecido na resolução da ONU. “

Leer más …Apresentada proposta não legislativa no Parlamento da Galiza sobre a inclusão dos territórios saharauis na CRPM

Smara e El Aaiun em revolta contra a ocupação marroquina

Smara y El Aaiun
Fotos: Red Maizirat, Smara News y Activistas DDHH

Publicado em EIC Poemario por un Sahara Libre – Fonte: Red Maizirat/Territoriosocupados/Sahara Occidental

Conforme relatado por fontes saharauis, defensores dos direitos humanos e Informações da Rádio Maizirat, as cidades de Smara e El Aaiun tiveram na segunda-feira, 24 de outubro grandes protestos pacíficos contra a ocupação marroquina. As fontes relataram que os manifestantes vieram de vários bairros centrais da cidade com bandeiras da República Saharaui, panos, distribuição de folhetos e cantando slogans contra o regime de Marrocos e a sua persistência na ocupação dos territórios do Sahara Ocidental.

Os protestos dos grupos de desempregados saharauis, tanto na cidade de Smara e El Aaiun, exigiam o seu direito ao trabalho e aos benefícios dos recursos da sua terra. A fonte informou que várias unidades das forças auxiliares, polícia e gendarmerie marroquina foram mobilizadas para dispersar os manifestantes atuando com a sua brutalidade habitual contra os manifestantes.

Leer más …Smara e El Aaiun em revolta contra a ocupação marroquina

O ministro da Defesa afirmou que o exército saharaui está pronto para enfrentar qualquer eventualidade

ministro
Ministro da Defensa Sr. Abdal-lahe Lehbib

Chahid El Hafed, 25/10/2016 (SPS)

O membro do Secretariado Nacional da POLISARIO e Ministro da Defesa Nacional, Sr. Abdal-Lahe Lehbib, disse terça-feira que as unidades do Exército de Libertação do Povo Saharaui (LPS) estão prontas para enfrentar todas as eventualidades, especialmente à luz das repetidas provocações de Marrocos na área de El Guergarat.

O ministro saharaui disse numa entrevista à imprensa mauritana que o exército passou de um estado de estabilidade e quietude a um estado de alerta permanente em antecipação a qualquer emergência.

À luz desta escalada e provocação de Marrocos, o Estado-Maior do Exército saharaui decidiu em reunião na região de Bir Lahlou , territórios libertados saharauis, colocar o exército em posição combativa número um.

Leer más …O ministro da Defesa afirmou que o exército saharaui está pronto para enfrentar qualquer eventualidade

Grande manifestação em El Aaiun con decenas de feridos

manifestaciones-el-aaiun

26 de outubro de 2016, porunsaharalibre.org

Na terça feira dia 25 de Outubro a população saharaui manifestou-se em El Aaiun, territórios ocupados do Sahara Ocidental.

Os manifestantes exigiam a autodeterminação do Sahara Occidental e a realização do referendo.

As forças de ocupação marroquinas investiram brutalmente contra os manifestantes causando dezenas de feridos e detiveram de forma arbitrária o activista Ali Sadooni.

Sadooni foi posto.em liberdade após várias horas de interrogatório.

Leer más …Grande manifestação em El Aaiun con decenas de feridos

Intervenção do Eurodeputado Florent Marcellesi sobre o Sahara Ocidental no Parlamento Europeu

Sahara Occidental

Fonte: florentmarcellesi.eu

Intervenção do Eurodepiutado Florent Marcellesi, do EQUO-Primavera Europeia, na reunião monográfico da delegação Magrebe sobre a situação e as perspectivas no Sahara Ocidental. 20/10/2016 no paralamento Europeu, Bruxelas.

Caros colegas, Senhor Vice-Ministro da República Saharauí:

Apenas indicado para o Parlamento Europeu, é uma honra estar neste delegação e intervir sobre uma questão prioritária tanto para o meu grupo político como para Espanha, cuja responsabilidade como potência colonial histórica continua em vigor.

O Parlamento publicou recentemente um estudo da Comissão dos Assuntos Externos comparando as políticas da União Europeia (UE) na Crimeia, Palestina e Sahara Ocidental. Este estudo destaca algo fundamental: o quadro jurídico internacional aplicável a estas 3 situações é exatamente o mesmo. E enquanto a acção da UE deve ser o mesmo nestes territórios, que é baseado no não reconhecimento da soberania da potência ocupante.

Leer más …Intervenção do Eurodeputado Florent Marcellesi sobre o Sahara Ocidental no Parlamento Europeu

Responsável das Missões de Paz da ONU visita o Sahara Ocidental

Herve Ladsous, responsável das Missões de Paz da ONU
Herve Ladsous, responsável das Missões de Paz da ONU

23 de outubro de 2016, porunsaharalibre.org

Este domingo, 23 de Outubro, o Secretário-Geral Adjunto das missões de paz da ONU, Herve Ladsous, foi recebido pela Frente Polisário para resolver a situação no Sahara Ocidental e as violações do cessar-fogo recentes de Marrocos na região do Guerguerat.

A Frente Polisário expressou duramente o seu desapontamento com o papel da MINURSO e incompetência para cumprir o seu objectivo, o referendo sobre a autodeterminação.

Após a reunião com o coordenador da MINURSO, o ministro da Defesa e secretário de Estado da Segurança e documentação, Ladsous dirigi-se a Guerguerat.

Leer más …Responsável das Missões de Paz da ONU visita o Sahara Ocidental

Abdelkader Taleb Omar: “Não é uma ameaça, ou a ONU se move ou a guerra com Marrocos vai explodir”

Primer ministro de la RASD, Abdelkader Taleb Omar.- VIRGINIA UZAL

Fuente: Publico.es / ALEJANDRO TORRÚS

O primeiro-ministro da República Árabe Saharaui Democrática, Abdelkader Taleb Omar, adverte que o espaço para a diplomacia se está a esgotar e convoca a comunidade internacional a intervir junto de Marrocos para evitar derramamento de sangue.

DAKHLA (Campo de Refugiados saharauis em Tindouf (Argélia) .– O primeiro-ministro da RASD (República Árabe Saharaui Democrática) Abdelkader Taleb Omar em resposta à primeira pergunta do jornalista lança o aviso: “ou a ONU se mexe ou o conflito vai explodir“. Este é um dos poucos elementos de pressão que a Frente Polisario pode fora de portas. E assim o tem feito. No entanto, Taleb Omar diz que agora é diferente e explica que o caminho diplomático que surgiu com o cessar-fogo de 1991 está quase esgotado.

Leer más …Abdelkader Taleb Omar: “Não é uma ameaça, ou a ONU se move ou a guerra com Marrocos vai explodir”

Uso de cookies

porunsaharalibre.org utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies