ONU adota resolução reafirmando o direito do povo saharaui à autodeterminação

ag-onu

Nova York, 2016/10/11 (SPS) –

A Quarta Comissão da Assembleia Geral das Nações Unidas encarregada das Políticas Especiais e para a Descolonização, aprovou, esta segunda-feira, em Nova Iorque, uma resolução reafirmando o direito do povo saharaui à autodeterminação.

A resolução aprovada num debate geral sobre a descolonização que durou vários dias, reafirmou o apoio da Assembleia Geral da ONU ao processo de negociações iniciado pelo Conselho de Segurança com o fim de alcançar uma paz justa, duradoura e mutuamente aceitável que permita a solução autodeterminação do povo saharaui.

A resolução, apresentada por 26 países saudou os esforços do Secretário-Geral e do seu enviado pessoal para o Sahara Ocidental, Christopher Ross, para retomar as negociações, paralisadas desde 2012.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Ana Gomes, Eurodeputada do PS questiona Morgherini sobre presos de Gdeim Izik

Eurodiputada Ana Gomes

Eurodiputada Ana Gomes

11 de outubro de 2016, porunsaharalibre.org

Numa carta dirigia a Federica Mogherini Alta Representante da União Europeia para os Negócios Estrangeiros e Política de Segurança e Vice-Presidente da Comissão Europeia, a Ana Gomes, eurodeputada do Partido Socialista questiona sobre a situação dos presos políticos saharauis de Gdeim Izik.

Ana Gomes salienta que “a UE apoiou financeiramente o Sistema Judicial marroquino, tendo em vista melhorar a sua eficácia e eficiência. No entanto, os detidos do “Grupo Gdeim Izik ” têm sido repetidamente maltratados, e os seus direitos violados em várias ocasiões” referindo o facto da transferência deste grupo para uma prisão a mais de 1000km de distancia do Sahara Ocidental, território de origem destes presos e onde viviam até à sua detenção. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Comunicado da ASVDH sobre a expulsão de três investigadores espanhóis

asvdhASVDH, 9 de outubro de 2016 – El Aaiun / Sahara Ocidental

Comunicado de imprensa

As autoridades marroquinas expulsaram do aeroporto de El Aaiun, Sahara Ocidental, no Domingo 09 de outubro de 2016, três investigadores espanhóis convidados pela ASVDH (Associação saharaui) para participarem nos Jornadas Abertas, sob o lema “Unidos contra a impunidade e a ocultação da verdade” que se realizavam na sede da associação, a 10, 11 e 12 deste mês.

Às 13h05 horas de dia 9, as autoridades marroquinas impediram após a chegada ao aeroporto de El Aaiun, o investigador espanhol Carlos Martin Beristain a entrar na cidade, e foi forçado a regressar no mesmo avião que o trouxe de Las Palmas Gran Canaria. Depois de algumas horas, e exatamente às 18h45, foram também expulsas após a chegada ao aeroporto de El Aaiun, a investigadora espanhola Gloria Guzman e a Sra. Arantza Chacon que foram obrigadas a regressar para a cidade de Casablanca no mesma avião que as trouxe. As autoridades marroquinas justificaram esses atos para confirmar a sua soberania sobre o Sahara Ocidental e manter a segurança no país. Read more

Ayúdanos a difundir >>>