Tribunal penal civil aceita recursos de presos de Gdeim Izik

gdeim izik

20 de outubro de 2016, porunsaharalibre.org

O 18 de Outubro, os presos políticos saharaui do grupo de Gdeim Izik, atualmente detidos em El Arjat, receberam o parecer individual para cada um dos 21 detidos, do Tribunal Penal Civil de Rabat a informar que os recursos apresentados em 2013 tinham sido aceites.

A decisão do Tribunal Penal Civil data de 27 de Julho deste ano e os presos apenas foram informados a 18 de Outubro, o sistema judicial marroquino, reteve esta informação durante 82 dias.

Num país respeitador da lei esta decisão significaria que os presos iriam ter novo julgamento, tratando-se de Marrocos e tendo em conta os procedimentos usuais com os presos políticos saharauis, tudo se pode esperar.

Recordamos que já depois desta decisão este grupo foi transferido da prisão Sale1 para El Arjat onde têm sido vítimas de maus tratos, ma nutrição e inclusive espancamentos.

As recentes tomadas de posição de vários Eurodeputados que firmaram uma carta conjunta promovida pela vice presidente do inter grupo para o Sahara Ocidental da UE, Paloma Lopez Bermejo da IU e outras tomadas de posição e perguntas da eurodeputada da IU, assim como da portuguesa Ana Gomes do PS e do grupo do PCP do parlamento Europeu, e ainda várias perguntas das bancadas do PCP e Partido Os Verdes, na Assembleia da República portuguesa têm pressionado o governo marroquino.

Ayúdanos a difundir >>>