IU denuncia tortura sistemática aos presos políticos saharauis de Gdeim Izik e expulsões arbitrárias por Marrocos

izquierda unida

Fonte: Esquerda Unitária Europa

A Eurodeputada da Esquerda Unida e vice-presidente do Intergrupo de solidariedade com Sahara Ocidental, Paloma López, denunciou através de quatro perguntas parlamentares à Alta Representante da União para os Negócios Estrangeiros, Federica Mogherini, novos episódios de tortura sistemática de dos presos políticos saharauis, mais expulsões arbitrárias por parte do Reino de Marrocos e aumento da repressão nos territórios ocupados contra os ativistas que lutam pela autodeterminação do povo saharaui.

Na primeira questão, Lopez informou Mogherini que desde que as autoridades marroquinas transferiram em agosto, os 21 presos políticos Gdeim Izik que aguardam um julgamento civil, estes têm sido vítimas de “contínuas violações dos seus direitos fundamentais “. As queixas já expostas à chefe da diplomacia europeia numa carta promovido pela deputada da IU e assinada por mais de vinte deputados no início deste mês, Lopez adiciona novas evidências para provar como os detidos estão a ser torturados pelos guardas prisionais, com a aprovação do diretor. Read more

Ayúdanos a difundir >>>