Marrocos expulsa vice-presidenta do parlamento africano

suelma-beiruk-1

As autoridades marroquinas impediram que Suleima Beiruk, vice-presidente do Parlamento Africano saisse do aeroporto de Marraquexe.

Beiruk que ia integrar-se na delegação da União Afriana que participa na COP22, esteve detida no aeroporto de Marraquexe desde as 22h00 de 6 novembro até ao inicio da tarde de dia 7, altura em que as autoridades marroquinas a obrigaram a embarcar num avião com destino a Casablanca.

Dia 8 ira para a Argélia, uma vez que se recusou a voltar a Noukachout como pretendiam as autoridades marroquinas.

A COP22 é um evento organizado pela ONU, Marrocos é somente o país anfitrião e não decide quem deve ou não participar.

A Sra. Beiruk esteve em representação do parlamento africano na   COP21,  em París, na qual também participou o rei de Marrocos, Mohamed VI.

Mais uma vez Marrocos demonstra um claro desrespeito pelas organizações internacionais que integra e pela União Africana, organismo ao qual pediu recentemente adesão.

A Sra. Beiruk, é uma das representantes da República Árabe Saharaui Democratica, estado membro da UA e foi eleita pelos estados membros para vice-presidente do parlamento africano.

Ayúdanos a difundir >>>