Espanha devolve uma migalha do que saqueia em forma de “Donativo”

Esta semana foi publicado em vários meios de comunicação social que Espanha enviou um donativo de 2 milhões de Euros ao PAM (Programa Alimentar Mundial) com destino aos campos de refugiados saharauis. Uma noticia que é apresentada como um gesto de generosidade e solidariedade. Na verdade Espanha limita-se a enviar um migalha das dezenas de milhões de Euros que rouba dos territórios ocupados do Sahara Ocidental.

Numa noticia publicada em 2011 na rtve pode-se ler que Rosa Aguilar, Ministra do Meio Ambiente, Agricultura e Pesca, de Espanha estimava que em dois meses e meios os prejuízos causados pela suspensão do acordo de Pesca entre Marrocos e a União Europeia eram superiores a 30 milhões de Euros. O que significa que num ano Espanha saqueia o equivalente a 144 milhões de Euros apenas no que se refere à pesca em águas Saharauis ilegalmente ocupadas por Marrocos. (veja-se acórdão do TJE de 10 de Dezembro 2015 e delimitação da ZEE https://porunsaharalibre.org/pt/2016/09/tribunal-justica-europeu-acordos-ue-com-marrocos-nao-deve-incluir-sahara-ocidental/).

É no mínimo surpreendente que a imprensa Espanhola desconheça este facto ou que o “omita” quando fala de um donativo de 2 milhões aos campos de refugiados saharauis que existem há 41 anos pela única razão que Espanha entregou o Sahara Ocidental a Marrocos de forma ilegal e criminosa o que levou ao sofrimento deste povo há décadas. Acto celebrado com o acordo tripartido de Madrid no qual Espanha entregou o Sahara Ocidental a Marrocos e Mauritânia em troca de uma percentagem anual do saque das riquezas deste território. Read more

Ayúdanos a difundir >>>