As forças de ocupação continuam a controlar os movimentos do ativista Hmad Hammad

Hmad Hammad

Fonte: Equipo Media y CODAPSO

Na segunda-feira à noite as forças de ocupação marroquinas retiveram o ativista de direitos humanos e vice-presidente da CODAPSO Hmad Hammad, e outros quatro ativistas que o acompanhavam em um carro; Bemba Lafkir, Mbairkat Abdul Karim,Sofi Elel e Abed Aziz Biay. A retenção ocorreu no posto de controle da polícia de El Aaiún, Sahara Ocidental ocupado. Os ativistas foram submetidos a interrogatórios e humilhações por mais de meia hora antes de serem libertados sem nunca lhes ter sido revelado o porque desta detenção ilegal.

Segundo declarações de Hmad Hamad à Equipe Media, nenhum dos carros e camiões que transportam a riqueza saqueada do Sahara Ocidental para Marrocos na mesma estrada , foram retidos em nenhum momento pelo controle da ocupação policial.

Hmad afirma que a polícia de ocupação marroquina continua a colocar restrições à liberdade de movimento no Sahara Ocidental a todos os saharauis e em especial aqueles que são membros de organizações de defesa dos direitos humanos. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Salek Lbalal Hadda “Batal”, activista saharaui, detido e presente a tribunal pelo ocupante marroquin

Salek Lbalal Hadda "Batal"Fonte: Equipe Media

El activista saharaui de derechos humanos Salek Lbalal Hadda “Batal” fue detenido el viernes pasado en la ciudad de Smara.

O activista saharaui de direitos humanos Salek Lbalal Hadda “Batal” foi detido na sexta-feira na cidade de Smara

Esta manhã foi apresentado perante o Tribunal de Primeira Instância sob a acusação de participação em manifestações e realização de atividades políticas. Estas são as mesmas acusações que foram feitas contra outros membros da Frente Polisario em Smara.

Fontes locais disseram a Equipe Media que as autoridades de ocupação assediam Batal desde 2009 tendo o activista ordens de captura sem ele saber as acusações e foi detido várias vezes. Desde então, tem o seu passaporte com proibição de uso, no entanto Batal explicou que no ano passado, quando renovou o seu bilhete de identidade não foi preso apesar dos supostos mandatos e de na renovação de um cartão de identidade, se as pessoas têm mandatos de captura serem automaticamente detidas. Salek Batal apresentou vários protestos contra os abusos sofridos pelo ocupante marroquino. Read more

Ayúdanos a difundir >>>