Conferência de sucesso sobre o Sahara Ocidental em Covilhã (Portugal)

A 6 de Dezembro realizou-se uma conferência sobre o Sahara Ocidental, na cidade de Covilhã (Portugal) sob o lema: Sahara Ocidental: A luta pela autodeterminação de um povo.

A organização da conferência foi realizada pelo Núcleo de Estudantes de Ciência Política e Relações Internacionais na Universidade da Beira Interior – Faculdade de Ciências Sociais e Humanas. Os oradores da conferência eram Sidi Mohamed Balla, ex-preso político e membro do AFRAPEDESA (Associação dos prisioneiros saharauis e vítimas de desaparecimentos forçados); José Manuel de la Fuente, Advogado e Presidente da FUSO -Fundación Sahara Occidental e Isabel Lourenço, ativista de direitos humanos, membro da FUSO e colaboradora de por un sahara libre.

Como já publicado, esta conferência teve que mudar de local devido ao impedimento do presidente da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade da Beira Interior, que proibiu a realização da conferência nas instalações da Universidade depois de receber um e-mail, em francês da Embaixada de Marrocos. Neste e-mail a embaixada de Marrocos, de acordo com declarações do presidente da faculdade, dá a sua opinião sobre o assunto e adverte que uma pessoa associada a esta conferência foi condenada por crimes contra a humanidade. Não fomos capazes de acessar o conteúdo do e-mail enviado e em nenhum momento foi fornecida uma cópia.

Mesmo assim, a conferência foi realizada na Assembleia Municipal, o órgão principal da cidade da Covilhã. O evento foi contou com um grande número de participantes que mostraram grande interesse e participaram ativamente com perguntas aos oradores. Uma das questões que chamaram a atenção do público foi a falta de interesse e de acção por parte da comunidade internacional. Tanto os estudantes da organização e os participantes expressaram a sua satisfação pela realização da conferência.

Entre os presentes estavam dois conhecidos ativistas de direitos humanos Saharauis, Brahim Sabbar secretário-geral da ASVDH, e Dagja Lachgar, membro da CODAPSO.

Ao longo da conferência houve um clima de grande interesse. Esse interesse refletiu-se uma vez que a conferência terminou porque a pedido dos alunos, ee ná no exterior continuou uma conversa interessante e agradável, com os oradores.

Ayúdanos a difundir >>>