Emrikli Abedsalam de 15 anos aguarda julgamento em liberdade condicional

Como noticiamos no dia 3 de Dezembro,Essalami Jamal, Yasin Elghouti e Emrikli Abedsalam rapazes saharauis de 15 anos foram ilegalmente detidos e presos na prisão de El Aaiun, territórios ocupados do Sahara Ocidental com julgamento agendado para o próximo dia 20 de Dezembro.

Ontem as autoridades marroquinas libertaram Emrikli Abedsalam para aguardar julgamento em liberdade condicional mas os seus companheiros continuam detidos na prisão negra de El Aaiun.

Esta detenção de menores numa prisão de adultos é uma grave violação do direito internacional. Recordamos que os jovens foram vitimas de tortura por parte dos agentes marroquinos.

Os 3 menores participaram na manifestação não violenta que foi documentada pelo canal de informação dos EUA, Democracy Now!. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Adiamento dos julgamentos e detenções de activistas saharauis

Fonte: Equipe Media

O julgamento dos estudantes saharauis detidos em Oudaya, Marraquexe, foi adiado pela quinta vez.

O julgamento estava marcado para quinta-feira passada,dia 8, e adiado para dia 5 de Janeiro de 2017 sob o pretexto que os estudantes Abd Elazize, Elouahidi e Hamza Radi estavam em muito más condições de saúde, devido às consequências das greves de fome.

Em ocasiões anteriores, as autoridades marroquinas permitiram a entrada no tribunal de um familiar dos acusados. Mas desta vez, não só lhes foi negado esse direito, como a sala do tribunal estava cheia de policias e membros dos serviço secretos marroquinos (DST), e fora do tribunal, as autoridades marroquinas formaram um cordão policial, impedindo o acesso ao julgamento . Devido a esta decisão, familiares e estudantes realizaram um protesto de solidariedade em frente ao tribunal. Read more

Ayúdanos a difundir >>>