As declarações e decisões do Presidente da RASD em Guergarat aumentam a moral do povo saharaui

Presidente de la RASD, Brahim Gali, en Guerguerat

Presidente de la RASD, Brahim Gali, en Guerguerat

Fonte: Equipe Media

A visita de Brahim Ghali, presidente da RASD, Secretário-Geral da Frente Polisário e Comandante Supremo do Exército Popular de Libertação Saharaui- a todas as regiões militares e que terminou na região de Guergarat aumentou muito e incentivou a autoconfiança da população do povo saharaui.

O presidente reuniu-se com os combatentes da primeira região militar, que estão em Guergarat frente a frente com o exército de ocupação, e deu ordens para construir postos de segurança e postos de controle e vigilância enviando assim uma mensagem ao nosso povo, ao inimigo e ao mundo em geral, tornando-se claro que a batalha ainda não acabou e não terminará até que a libertação do Sahara Ocidental das garras da ocupação marroquina esteja concluído.

O ex-prisioneiro de guerra e ex-preso político saharaui Sidi Mohamed Dadach disse em declarações à Equipe Media sobre a ronda de Brahim Ghali: “Eu não quero novamente uma guerra, pois as consequências seriam muito caras para os povos da região; Exijo a França, Espanha e aos Estados do Golfo para pressionar o seu aliado, Marrocos, para evitar a destruição e devastação que resultaria do desrespeito continuo e desprezo de Marrocos das decisões da legalidade internacional “. Read more

Ayúdanos a difundir >>>