Julgamento de Gdeim Izik adiado

O julgamento civil do grupo de Gdeim Izik iniciou-se hoje no tribunal de primeira instancia de Sale.

Varias dezenas de observadores internacionais, advogados, juristas e activistas de direitos assistiram ao julgamento.

Os 21 presos entraram no tribunal a gritar palavras de ordem e vestidos com daraas (traje tradicional saharaui)

De imediato foram colocados num local rodeado de vidro sem poderem ouvir o que se dizia no julgamento.

Durante quase 9 horas com pequenas pausas de vários minutos o inicio deste julgamento centrou-se em questões relacionadas com novos advogados por parte da acusação, a presença de advogados estrangeiros e os procedimentos técnicos relativamente à tradução.

Dois dos advogados francese tinham autorização de integrar a defesa devido ao acordo existente entre França e Marrocos, no entanto o juiz não queria permitir que utilizasem o microfone sendo um dos advogados de defesa locais a fazer a tradução ao microfone. Read more

Ayúdanos a difundir >>>