Mbarek Daoudi hospitalizado de urgência

O preso politico saharaui Mbarek Daoudi foi transferido hoje da prisão de Bouzakarn para o hospital regional.

Daoudi foi transferido para o hospital após sofrer desmaios repetidos provocados pela tensão arterial elevada e também se queixou de uma fractura a nivel das costelas e caixa torácica.

Mbarek Daoudi foi condenado a seis anos de prisão e tem sido transferido amiúde de estabelecimento prisional, sendo vitima constante de maus tratos pelas autoridades marroquinas.

Também a familia é constantemente perseguida e intimidada. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Acção relâmpago de protesto no porto de El Aaiun

Às 13h15 hora local, um grupo de saharauis do movimento de desempregados saharauis entrou de surpresa no porto de El Aaiun e efectuaram uma acção relâmpago de protesto.

Os jovens desempregados e jovens licenciados revindicaram os seus direitos laborais, sociais e economicos e o fim do roubo dos recursos naturais pelo ocupante ilegal, o reino de Marrocos.

Esta acção durou cerca de meia hora e serviu para alertar os trabalhadores do porto e visitantes, para a situação dos jovens saharauis que vivem num sistema de apartheid.

A populacão saharaui sofre um empobrecimento constante devido à chegada permanente de colonos marroquinos nos territórios ocupados que absorvem todos os postos de trabalho. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

As autoridades de ocupação detiveram e expulsaram jornalista espanhol

 

Fonte: Equipe Mídia

Os serviços secretos cercam a casa de Ahmed Ettanji depois de ter certeza sobre a presença do jornalista espanhol e fotógrafo Bernat Millet.

Às 12h30, a polícia de ocupação marroquina prendeu quatro membros da Equipe mídia (Ettanji Ahmed Brahim Laajil, Mohamed Saleh, Mohamed Hamadi Zarouali E Bachar) juntamente com o jornalista espanhol.

Foram libertados após algumas horas. Bernat foi levado para a esquadra da polícia onde foi interrogado e, em seguida, expulso do Sahara ocupado.

A detenção do jornalista vem no âmbito de uma campanha sistemática para proibir todos os jornalistas e observadores internacionais de ver e denunciar a situação nos territórios ocupados.

Equipe de mídia faz apelo a todas as organizações, para quebrar o bloqueio imposto sobre o Sahara Ocidental pela monarquia marroquina e forçar o regime Alauita a respeitar as convenções internacionais sobre a protecção dos jornalistas saharauis que sofrem repressão pelo ocupante marroquino. Read more

Ayúdanos a difundir >>>