A liberdade da nossa pátria e a nossa liberdade são as duas faces da mesma moeda

Ahmed Sbaai, um dos presos políticos saharauis do grupo de Gdeim Izik, afirma que a liberdade do seu povo, da sua pátria é indissociável da liberdade dos presos políticos. Todos os saharauis vivem em prisão, seja rodeados pelo muro nos territórios ocupados ou refens da comunidade internacional em campos de refugiados, seja na prisão em El Arjat, onde se encontra.

Cada um destes presos representa o seu povo e para Marrocos é outra forma de encarcerar os saharauis. Mas também a libertação destes presos terá um peso na vida dos saharauis nos territórios ocupados do Sahara Ocidental uma vitoria que dará animo.

Marrocos tem um problema quer que deixe sair os presos de Gdeim Izik, quer que os mantenha na prisão sairá sempre perdedor.

Ahmed Sbaai foi condenado a prisão perpétua por um tribunal militar, vitima de torturas extremas e sequestro por parte das autoridades de ocupação marroquina.

Um dos 21 presos, um dos 24 acusados. Read more

Ayúdanos a difundir >>>