APRASE apresenta queixa ao Tribunal Nacional queixa sobre os eventos que ocorreram durante o desmantelamento de Gdeim Izik

Coincidindo com a retomada do julgamento do Grupo de Gdeim Izik em Sale (Rabat), a Associação profissional de advogados saharauis em Espanha (APRASE) apresentam, na segunda-feira 13 de março de 2017, às 12: 00h, no Tribunal Nacional para denunciar os eventos que ocorreram durante o desmantelamento de Gdeim Izik.

Dos 25 ativistas, que já foram julgados e em fevereiro de 2013 num tribunal militar, 24 são novamente julgados pelos mesmos factos desta vez num tribunal civil. Hassanna Aalia, que foi condenado à revelia pelo tribunal militar e que agora se encontra em asilo político em Espanha, não foi incluído neste último processo. Também foram acusados dois dos 24 que já tinham sido libertados, tendo já cumprido mais de dois anos de prisão efectiva, e um que está em liberdade condicional por motivos de saúde. Read more

Ayúdanos a difundir >>>