Conferencia de imprensa sobre reunião do CS da ONU sobre Sahara Ocidental

O Sahara Ocidental foi um dos temas discutidos na reunião de hoje do CS. Segundo informação dada na conferência de imprensa o Conselho de Segurança ouviu Kim Bolduc chefe da MINURSO que cessou funções e do enviado especial para o Sahara Ocidental do Secretário Geral, o Sr. Horst Köhler.

Horst Köhler transmitiu que as partes tinham sido receptivas a sua visita e que pensa haver lugar para futura evolução na discussão.

Ao ser interpelado sobre porque Köhler não ter visitado os territórios ocupados do Sahara Ocidental a resposta dada foi que Köhler não se tinha pronunciado sobre o assunto. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Polisario exorta o Conselho de Segurança a seguir no caminho para resolver o conflito da descolonização do Sahara Ocidental

NOVA YORK, 21 de novembro de 2017 – Antes da reunião do Conselho de Segurança das Nações Unidas de 22 de novembro sobre o Sahara Ocidental, a Frente POLISARIO reitera o seu apoio à missão do Sr. Horst Köhler, Enviado Pessoal do Secretário-Geral para o Sahara Ocidental, e insta os membros do Conselho a prestar as contribuições necessárias para o relançamento do processo de paz da ONU.

A Frente POLISARIO espera que o Conselho de Segurança das Nações Unidas (CSNU) assuma a sua responsabilidade em relação ao povo do Sahara Ocidental e assegure o pleno respeito pelo seu direito inalienável à autodeterminação e à independência. O Conselho tem o dever de garantir que as suas próprias resoluções sejam respeitadas e implementadas na totalidade. A este respeito, a Resolução 2351 (2017) do CSNU pediu ao Enviado Pessoal que forneça uma atualização sobre o progresso rumo a uma solução duradoura e justa para o conflito do Sahara Ocidental, como uma questão de descolonização, no prazo de seis meses após a sua nomeação. Esta atualização – a ser realizada em fevereiro próximo – deve incluir um quadro concreto para o caminho a seguir que culminaria em negociações urgentes e presenciais entre a Frente POLISARIO e Marrocos. Read more

Ayúdanos a difundir >>>