O prisioneiro político saharaui Mohamed Ayoubi sofre a amputação de dois dedos

Mohamed Elayoubi encontra-se num centro de hemodiálise em El Aaiún após a cirurgia e o corte de dois dedos do pé direito.

Ayoubi é diabético e tem hepatite B, vive sozinho sem qualquer companheiro que possa lhe dar ajuda nas suas deslocações ao hospital.

Mohamed Ayoubi, membro do grupo de Gdeim Izik, condenado a 20 anos está em liberdade condicional desde 2013

Durante a sua detenção arbitrária foi vitima de violação e tortura.

Ayúdanos a difundir >>>